Clique e Assine VOCÊ RH por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Isis Borge

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Executive Director Talenses & Managing Partner Talenses Group
Continua após publicidade

Férias: boas práticas para profissionais e empregadores

O descanso é fundamental para a saúde e para os negócios. Deve-se tomar alguns cuidados, porém, para que ele seja efetivo e não bagunce a rotina do escritório. Confira.

Por Isis Borge, colunista da Você RH
Atualizado em 7 jul 2024, 16h15 - Publicado em 4 jul 2024, 16h45

Muitos profissionais tiram férias em julho para aproveitar o recesso escolar dos filhos. Sei, porém, que muitas pessoas acham difícil se desligar totalmente do trabalho e aproveitar o período de descanso – um problema que pode estar relacionado ao perfil do profissional ou à cultura da empresa.

Mas as férias, além de um direito garantido por lei, são uma pausa necessária para as pessoas recarregarem as energias e voltarem mais motivadas. Há alguns cuidados, porém, que os profissionais e empregadores devem tomar para que o descanso seja efetivo e não bagunce a rotina do escritório. Confira uma lista deles abaixo.

Se você é a pessoa que vai tirar férias

1. Comunique seu time com antecedência. Assim que suas férias estiverem confirmadas, avise as pessoas que dependem de você, seja para desenvolver alguma atividade, esclarecer dúvidas ou pedir orientações. Faça-o por e-mail e coloque-se à disposição dos seus colegas para que eles se preparem para sua ausência.

Continua após a publicidade

2. Liste os projetos que estão sob sua responsabilidade. Isso te dará clareza sobre quais atividades precisam ser concluídas até sua saída, quais podem esperar seu retorno e quais precisam ser delegadas.

3. Crie um cronograma – e cumpra-o. Para resolver as pendências mais urgentes, estabeleça prazos e estipule um número de tarefas para fazer em cada um dos dias que antecedem as férias para não se sobrecarregar. Procure manter o foco para cumprir o cronograma e prestar atenção à chegada de novas demandas. Se necessário, procure negociar datas de entrega.

4. Defina um substituto. Gestores, colegas, clientes… É fundamental que eles saibam quem procurar, durante sua ausência, caso precisem tratar de algum assunto originalmente conduzido por você. Combine a substituição e informe, no aviso de férias do e-mail, o contato dessa pessoa, assim como a data do seu retorno.

Continua após a publicidade

5. Organize as informações que estão em seu poder. Certifique-se de que os documentos importantes para os projetos que você conduz estejam atualizados e armazenados de maneira que facilite a localização por parte de outras pessoas.

6. Reúna-se com seu líder ou sua equipe na véspera das férias. A ideia é informar os colegas sobre o andamento das suas atividades, principalmente aquelas que precisam de acompanhamento durante sua ausência. Coloque-se à disposição para esclarecer possíveis dúvidas, reforçando que não estará disponível por determinado período.

7. Ative o aviso de férias no e-mail. Tire o último dia de trabalho para conferir seu cronograma de atividades e se certificar de que nada ficou para trás. Ao fim do expediente, ative o aviso de ausência no e-mail (aquele com a indicação de quem contatar, se necessário, na sua ausência) e desconecte-se. Lembre-se: descansar é tão importante quanto produzir.

Continua após a publicidade

Se você é gestor ou profissional de RH

1. Dê o exemplo: tire férias. Em muitas empresas, o recesso ainda é visto como um tabu. Conheço profissionais que se sentem inseguros por acreditar que perderão espaço, confiança ou credibilidade dentro da companhia por conta da ausência. Alguns não ativam o aviso de férias no e-mail nem comunicam aos colegas sua ausência, respondendo e-mails de trabalho normalmente durante o recesso. Mas isso não é sustentável no médio e longo prazo.

2. Controle os períodos de férias. Muitas empresas não oferecem algo que permita aos colaboradores visualizarem quando terão direito a férias e, então, poderão começar a negociá-las. Lembre-se: permitir que os colaboradores programem seu recesso com antecedência é um passo importante para que eles se organizem e aproveitem o descanso. É também uma forma de valorizá-los.

3. Fale sobre saúde mental. Profissionais que não têm um equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal adoecem, e pessoas esgotadas produzem menos. Portanto, a empresa deve promover campanhas de conscientização sobre bem-estar, lembrando os colaboradores de que o descanso é importante para a saúde e para os negócios. Falar a respeito estimula os profissionais a tirarem férias de maneira organizada.

Continua após a publicidade

4. Firme parcerias em prol do lazer. Muitas empresas estão aderindo aos benefícios flexíveis, que podem facilitar viagens. Alterar as políticas de benefícios pode ser algo complexo. Mas um bom primeiro passo é buscar parcerias com hotéis, companhias aéreas e agências de turismo, estabelecendo acordos que sejam economicamente interessantes para os colaboradores da sua empresa. Se bem negociado, esse benefício pode não gerar gastos para a companhia.

5. Ofereça viagens. Isso é algo comum no setor comercial, mas outras áreas não costumam investir nessa forma de reconhecimento. Que tal premiar os aniversariantes da empresa com uma viagem de lazer ou um curso de curta duração no exterior, por exemplo, em vez de oferecer placas comemorativas, relógios e canetas? Muitas pessoas preferem ganhar uma experiência significativa do que um objeto que ficará esquecido no fundo da gaveta.

Lembre-se: finais de semana, feriados e férias podem ser períodos de manutenção preventiva do corpo e da mente. É um autocuidado que nos ajuda a retornar ao trabalho com mais motivação, produtividade, engajamento e criatividade. Por falar nisso, você já agendou sua pausa?

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.