Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Na Symantec, o modelo de avaliação é o de 360 graus

Quem tem desempenho satisfatório se torna elegível para o Tuition, que destina até 5.250 dólares por pessoa para gasto com estudos

Por Marcia Kedouk Atualizado em 5 dez 2020, 20h49 - Publicado em 26 mar 2013, 16h38

São Paulo (SP) – “O vice-presidente começou na área onde estou hoje.” É comum ouvir esse tipo de frase na Symantec, multinacional de software e serviços de segurança digital. Os funcionários veem a liderança como inspiração, mas sabem que o caminho para chegar a altos postos não é tão fácil.

“A cobrança é forte, mas vale a pena, porque a empresa dá oportunidade para quem corre atrás”, diz um gestor que em seis anos mudou de posição quatro vezes. No plano de desenvolvimento individual a meta é que cada um deve participar de, no mínimo, 30 horas de treinamento anuais, que podem ser presenciais ou por e-learning, com cursos da Harvard Management disponíveis na intranet.

O que dita os rumos do desenvolvimento na companhia é a avaliação de desempenho no modelo 360 graus. Além de se autoavaliar e receber o parecer da chefia, cada profissional indica no mínimo seis colegas para compor a nota final. Quem tem desempenho satisfatório se torna elegível a participar do Tuition, que destina até 5.250 dólares por pessoa para gasto com estudos.

Também pode fazer o MBA in company, em parceria com a Fundação Getulio Vargas, e integrar o programa de expatriação. E os melhores do grupo participam do Top Talent, um programa de mentoring com módulos realizados nos Estados Unidos. Há ainda um sistema formal de reconhecimento mútuo, o Applause Program.

Os funcionários indicam na intranet alguém que tenha se destacado em um quesito, como foco no cliente ou em inovação, para receber uma bonificação, que vai de 25 a 1.800 reais. E, se um empregado é reconhecido por contribuir para o desenvolvimento da carreira de algum colega, leva um troféu e 500 dólares.

Nas reuniões mensais de brainstorm, o autor da melhor ideia ganha 200 reais em vale-livro e, ao fim de três meses, concorre a uma viagem com acompanhante no valor de 3.500 reais. Apesar de distribuir vários agrados financeiros, a Symantec não conta ainda no Brasil com uma política de divisão dos lucros, mas a previsão é de fechar 2012 com um modelo estruturado.

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
O desempenho dos líderes é avaliado também pelo resultado da pesquisa trimestral de clima, já que eles devem atingir uma meta de satisfação das equipes. O pessoal do operacional vê pouco entrosamento entre as áreas. Gestores apontam que a burocracia faz com que as melhorias demorem a se concretizar.
Continua após a publicidade
Publicidade