Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Conheça os 7 elementos que compõem a segurança psicológica

Precursoras do estudo sobre segurança psicológica no Brasil explicam quais são os componentes dessa prática e por que isso é importante para as empresas

Por Redação Atualizado em 22 set 2021, 22h05 - Publicado em 28 set 2021, 07h00

A segurança psicológica tem se tornado um assunto cada vez mais discutido nas empresas. Tanto que, de acordo com uma pesquisa da Gupy, 54% dos executivos de recursos humanos consideram que isso será um indicador importante para o futuro.

Mas como garantir que as equipes se sintam psicologicamente seguras? Patrícia Ansarah e Veruska S. Galvão, fundadoras do Instituto Internacional em Segurança Psicológica (IISP) e precursoras do tema no Brasil, explicam quais são os sete elementos que compõe essa percepção. “Essa prática prova que a inovação e os resultados são menos sobre ‘quem está no time’ e mais sobre ‘como o time trabalha junto’, ou seja, sobre a qualidade das relações humanas no trabalho”, diz Veruska.

Confira os sete elementos da segurança psicológica a seguir.

1. Reagir aos erros

Se o integrante de uma equipe cometer um erro, isso não pode se voltar contra ele. As equipes têm melhor desempenho quando seus membros sentem que podem agir e falar abertamente, sem medo de serem colocados em uma situações constrangedoras, mesmo quando cometem uma gafe ou erro.

2. Lidar com as questões

Os membros do time precisam estar aptos a apontar problemas e questões difíceis de trabalho para a discussão conjunta. Portanto, é preciso desenvolver um alto nível de confiança mútua para que as pessoas saibam que podem dizer o que pensam e se sintam seguras para falar. São em momentos assim que podem surgir ideias inovadoras.

Continua após a publicidade

3. Aceitar a diversidade

Qualquer pessoa da equipe nunca deve rejeitar outra por ser diferente ou por pensar diferente. É fundamental que a cultura da diversidade esteja presente entre todos os membros da equipe, para que ninguém se sinta rejeitado por ter pontos de vista fora dos padrões preestabelecidos.

  • 4. Assumir riscos

    Os integrantes do time devem ter a certeza de que é seguro assumir riscos sem sofrer retaliação. Para isso, é preciso cultivar um ambiente seguro para que todos possam se arriscar sem serem julgados.

    5. Pedir ajuda

    É fácil pedir ajuda para membros de equipes psicologicamente seguras. Para alcançar este elemento, todos devem adotar uma cultura de aproximação, sendo acessíveis e solícitos. É importante estabelecer canais e ferramentas de comunicação para tornar o processo de ajuda mais ágil e efetivo.

    6. Respeito mútuo

    A relação de respeito entre os indivíduos deve ser recíproca, ninguém pode minimizar o esforço do outro de forma deliberada. Esta premissa das relações humanas deve ser baseada na solidariedade e na empatia. O respeito mútuo é um elemento poderoso para a resolução de conflitos e diálogos produtivos.

    7. Apreciação

    As contribuições e os talentos de cada um devem ser valorizados pela equipe. Os membros do time precisam notar que suas habilidades são utilizadas e também reconhecidas.

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

    Continua após a publicidade
    Publicidade