Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Recovery, do Itaú, adota modelo híbrido de trabalho e auxílio home office

Empresa adotou modelo de trabalho híbrido após pesquisa com funcionários

Por Hanna Oliveira Atualizado em 9 dez 2020, 22h53 - Publicado em 27 out 2020, 17h10

A Recovery, empresa do grupo Itaú de soluções tecnológicas e cobrança, anunciou a adoção de um modelo de trabalho híbrido e aberto para os funcionários decidirem quando querem trabalhar do escritório. “Não vai ter regra fixa, porque assim atendemos todo mundo”, explica Márcia Salgado Diretora de Pessoas, Jurídico e Atendimento.
A empresa de 250 funcionários já adotava o modelo de home office uma vez na semana antes da pandemia e agora está atuando completamente remota desde o dia 16 de março. Mesmo com o trabalho à distância, Márcia afirma que a mudança foi positiva: “Todo mundo deu um jeito de se adaptar e os resultados estão excelentes”.


  • Eles também têm oferecido um auxílio home office de R$200 e uma ajuda de custo com a internet de R$100. Mesmo com o benefício, o funcionários relataram uma diminuição nos custos do dia a dia, como conta Márcia: “Todos relataram aumento da produtividade e quase 70% das pessoas falaram que reduziram o custo de vida – desde a alimentação até o transporte – por estarem em casa”.
    Nesse período, a Recovery já contratou empregados que residem fora de São Paulo – cidade sede da empresa – e, inclusive, já conta com funcionários que aproveitaram no novo modelo de trabalho para se mudar para o interior. “No início as pessoas tinham muita resistência ao home office, mas nossos números estão altos, batemos diversos recordes nesse período. Isso motiva as pessoas. Tenho certeza que cada um que pensar em entrar ou sair da empresa, vai pesar isso também”, diz Márcia.

    Publicidade