Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Continua após publicidade

A saúde mental dos colaboradores merece atenção nos 365 dias do ano

A adoção de estratégias voltadas ao bem-estar emocional dos funcionários é uma necessidade dos profissionais e uma oportunidade para as companhias

Por Abril Branded Content
Atualizado em 21 set 2022, 12h57 - Publicado em 21 set 2022, 12h24

A saúde mental de cada pessoa é uma via de mão dupla: ela afeta seu entorno e também é afetada por diversas questões, como as relações com familiares e amigos, a situação econômica e até mesmo o ambiente de trabalho.

Nesse último aspecto, especialmente, da mesma forma que um colaborador deprimido, por exemplo, impacta os resultados da empresa, um ambiente de trabalho hostil ou um chefe abusivo podem desencadear sofrimentos mentais. No Setembro Amarelo, mês da Prevenção ao Suicídio – e também nos 365 dias do ano –, as empresas devem estar atentas à responsabilidade de cuidar do bem-estar emocional dos seus funcionários. 

De acordo com a pesquisa realizada pela startup Closecare, responsável por gestão de atestados e saúde corporativa, o número de profissionais afastados do trabalho devido a problemas de saúde mental aumentou em 30% nos últimos dois anos. O levantamento foi feito a partir da análise de 480 000 atestados cadastrados na plataforma entre janeiro de 2020 e abril de 2022. O informe da Previdência Social corrobora esse cenário ao alertar que as doenças psicoemocionais são a terceira maior causa de licença do trabalho no Brasil.

Muito mais do que números – expressivos, sem dúvida –, esses resultados se refletem em funcionários desmotivados e pouco produtivos, gerando impactos profundos para os resultados da companhia e a sustentabilidade de talentos.

Especialmente nas empresas, o cenário exige uma nova postura do RH, C-level e lideranças, que precisam olhar para seus funcionários de forma integral e individualizada. Isso requer uma mudança de cultura e a adoção de estratégias que coloquem as pessoas no centro da discussão e que promovam a saúde mental de seus colaboradores, tanto incentivando-os como oferecendo ferramentas para manter a qualidade de vida.

Essa é a proposta do Zenklub, empresa pioneira em soluções de saúde emocional e bem-estar corporativo. Muito além da oferta de terapia online, a startup conta com tecnologia, utilizando a ciência de dados para construir programas de saúde emocional e bem-estar para empresas, com uma metodologia que contempla diagnóstico individual e da organização, programas personalizados e escaláveis e também o fornecimento de inteligência de dados analíticos e comportamentais que embasam a estratégia de pessoas e potencializam o papel do RH.

Selo Empresas pelo Bem-Estar

Continua após a publicidade

Recentemente o Zenklub lançou a certificação que reconhece as companhias engajadas e comprometidas com a promoção do bem-estar corporativo e que colocam em prática as soluções oferecidas pela startup. No total, cerca de 200 já foram reconhecidas nas categorias bronze, prata e ouro.

O selo Empresas pelo Bem-Estar considera o nível de comprometimento da organização em relação à saúde mental, levando em conta o tamanho do negócio e a quantidade de colaboradores, e analisa os resultados desse engajamento em diversos quesitos, como reconhecimento, bem-estar, segurança psicológica e performance dos funcionários. As iniciativas são avaliadas trimestralmente e novos selos serão distribuídos para os clientes comprometidos com a experiência do colaborador.

Um jogo de ganha-ganha

As ações voltadas à saúde mental trazem inúmeros benefícios aos funcionários e, também, às organizações, com reflexos na redução do presenteísmo e dos custos com afastamentos e tratamentos por doenças dos funcionários.

Um levantamento realizado pelo Zenklub aponta, ainda, que o cuidado com a saúde mental é um fator positivo, inclusive, para o aumento da retenção de talentos. Segundo dados de 3 100 funcionários coletados entre janeiro de 2020 e maio de 2022, quem faz terapia tende a permanecer 30% mais tempo nas companhias.

Para Rui Brandão, CEO e cofundador do Zenklub, o selo Empresas pelo Bem-Estar vem agregar ainda mais valor ao negócio quando o tema é sustentabilidade de talentos. “O fato de a companhia ter ações para garantir o bem-estar do colaborador será cada vez mais colocado na balança, tanto quando um profissional escolhe uma empresa para trabalhar quanto quando decide permanecer, ou não, naquele local”, alerta ele.

Continua após a publicidade

Potencialização do papel do RH

Uma das certificadas com o selo Empresas pelo Bem-Estar no último quarter, a Jusbrasil, começou a cuidar da  saúde mental de seus funcionários com a oferta de diferentes plataformas, online e presencial, uma linha 24/7 para suporte a crises e psicoterapia online 100% subsidiada pela empresa.

“Logo em seguida apostamos na transparência, em quebrar o tabu, em envolver pessoas e lideranças. Na realidade, esse é um trabalho que não terminou. Quanto mais avançamos, mais descobrimos quantas nuances tem nossa vulnerabilidade. Agora estamos estruturando a conexão entre desenvolvimento de talentos e saúde emocional. Em nossa pesquisa de benefícios, o Zenklub é reconhecido como um recurso valioso pelas pessoas aqui. Tanto é que a adesão à iniciativa foi imediata”, conta André Luna, responsável pela área de saúde mental e desenvolvimento de talentos da empresa.

Já para Adner Uema, diretor de gente e cultura da Positivo Tecnologia, outra certificada com o selo, a parceria com o Zenklub tem permitido um suporte de qualidade de vida e promoção do bem-estar aos seus colaboradores. “Além dos atendimentos personificados de psicologia, ela nos disponibiliza vários conteúdos e ferramentas para o autoconhecimento, podcasts, orientação sobre a carreira profissional e outros temas importantes”, conta o executivo da companhia, que hoje oferece cuidado aos funcionários e familiares com alguma dificuldade emocional ou social, sessões de meditação e mindfulness, plataforma online de saúde física, campanhas de conscientização e educação sobre o assunto, lives e canal de apoio.

“Hoje temos um elo de confiança entre os colaboradores, familiares, liderança e nosso time multidisciplinar, que traz aproximação e credibilidade ao trabalho desenvolvido. Consequentemente, vemos o fortalecimento e a construção de uma cultura de cuidado e um ambiente de segurança emocional, além da desmistificação do tema em todos os níveis da companhia”, celebra Uema.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

As empresas estão mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VOCÊ RH.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.