Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

PepsiCo quer 30% de negros em cargos de liderança até 2025

Dona das marcas Pepsi, Ruffles e Lays, a PepsiCo traçou a meta de aumentar o número de pessoas negras em cargos de gestão no Brasil

Por Redação Atualizado em 22 mar 2021, 19h57 - Publicado em 22 mar 2021, 09h00

Dona de marcas como Pepsi e Ruffles, a PepsiCo do Brasil criou a meta de atingir 30% de pessoas negras em cargos de liderança até 2025. A companhia já estava com algumas iniciativas de diversidade, como a seleção às cegas dos estagiários e trainees (sem verificar, inclusive, a faculdade cursada) e a não exigência do conhecimento de inglês.

Além disso, a companhia tem grupos de mentorias para profissionais negros e negras e apoia a iniciativa LIFT (Língua, Inspiração, Foco, Transformação), que oferece o ensino gratuito da língua inglesa a jovens negros e negras em situação de vulnerabilidade social na Grande São Paulo. Na edição atual, o LIFT oferece 92 bolsas de estudos para estudantes universitários negros de famílias de baixa renda e os participantes contam com mentoria de executivos e executivas da PepsiCo.

  • “Sabemos que temos um longo caminho a percorrer em prol da diversidade racial, mas reforçamos o nosso compromisso traçando uma jornada que seguirá em ritmo acelerado, a partir dos nossos programas internos e das parcerias que firmamos com as principais entidades do setor’, explica Fábio Barbagli, vice-presidente de recursos humanos da PepsiCo no Brasil.

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

    Publicidade