Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

A Endesa tem um programa especial para reter a Geração Y

O objetivo é conservar dentro de casa os talentos dessa geração, o que não é fácil para praticamente nenhuma empresa

Por Michelle Aisenberg Atualizado em 5 dez 2020, 20h49 - Publicado em 21 mar 2013, 16h30

Niterói (RJ) – Com mais de 5 milhões de clientes no Brasil, espalhados em 240 municípios, a Endesa, de origem espanhola, responsável pela geração, conversão e transmissão de energia, e controladora de duas empresas presentes neste Guia (a Ampla e a Coelce), exibe outro número de peso: 90% de satisfação de seus funcionários, obtido na pesquisa interna de clima.

Isso explica a presença da empresa pelo segundo ano consecutivo neste Guia. Além de um alto grau de satisfação do seu time, a Endesa vem trabalhando fortemente sua gestão de pessoas, tentando eliminar qualquer possível subjetividade de seus processos. O novo modelo de Gestão Estratégica de Desempenho, por exemplo, tem por base a ferramenta de Gestão de Rendimento.

“Foi mais uma forma que encontramos de proporcionar oportunidades de desenvolvimento de carreira, reforçando a cultura de meritocracia”, diz Carlos Ewandro Moreira, diretor de RH. Desde o ano passado, todo o quadro da Endesa passa pela nova avaliação, que analisa seu desempenho com base no comportamento e no alcance de resultados, alinhados às estratégias do negócio.

O passo seguinte é uma Mesa de Calibração, na qual os empregados passam por uma análise de seu gestor direto e representantes de diversas áreas com quem trabalham indiretamente.

“Considero essa prática um sinal de amadurecimento da nossa área de gestão de pessoas. Deixamos de lado a subjetividade e agora equilibramos as percepções do gestor e avaliamos os funcionários com o grau de proficiência mais aderente, tornando o processo mais abrangente e equilibrado”, afirma Carlos Ewandro.

Os profissionais que se destacam participam de uma nova etapa, chamada Gestão de Potencial, que inclui entrevista motivacional a cada dois anos e feedback. É assim que a Endesa identifica seus potenciais líderes. Com base nos resultados, o empregado é posicionado em uma matriz nos quadrantes sucessão, motivação, desenvolvimento e orientação, de onde sairá um plano de desenvolvimento individual. 

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
O programa Junior Energy Training International, dedicado à retenção de profissionais da Geração Y, com duração de dois anos. Os profissionais estão preocupados com o aumento da burocracia, causado pelo crescimento da empresa.
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

App VOCÊ RH para celular e tablet, atualizado mensalmente

a partir de R$ 12,90/mês