Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

A Sol dá um salário extra, o vale-pato, no Círio de Nazaré

Trata-se da data religiosa mais importante do Pará, que acontece em outubro

Por Maurício Oliveira Atualizado em 5 dez 2020, 20h48 - Publicado em 27 mar 2013, 14h43

Belém (PA)  – Os funcionários da Sol Informática, rede de lojas de produtos eletroeletrônicos fundada há 23 anos em Belém (PA), têm um motivo a mais para aguardar ansiosamente pelas festividades do Círio de Nazaré, a mais importante manifestação religiosa e cultural do estado, realizada em outubro.

É durante o chamado “Natal paraense” que todos recebem um salário extra como presente, o Vale-Pato, nome que faz referência a um dos mais famosos pratos típicos da região, o pato no tucupi. É justamente nessa mescla entre a modernidade dos produtos que vende e a valorização das tradições locais que a empresa aposta para continuar crescendo diante de uma concorrência que, com a consolidação do varejo pontocom, tornou-se global.

“A gente sabe que não está concorrendo apenas com as lojas da cidade, mas com as grandes redes da internet. Nossa única chance de diferenciação é conquistar o cliente pelo atendimento”, diz um vendedor de uma das sete lojas do grupo, quase todas instaladas em shoppings da cidade.

É um desafio que exige adaptações. A companhia não era rígida ao cobrar metas, mas agora está mudando essa regra — fato que tem deixado os empregados mais antigos um tanto assustados. O próprio Vale-Pato, que já foi tido quase como “direito adquirido”, estará sujeito à obtenção de resultados estabelecidos com antecedência.

A gestão de pessoas aposta no lado positivo dessa nova conduta e garante que o desempenho acima da média será valorizado com mais clareza. Numa empresa em que os cargos de liderança são por regra ocupados por recrutamento interno e a idade média dos profissionais é 25 anos, aumentam as chances de evolução rápida.

Outros atrativos são os planos de expansão, com perspectiva de abertura nos próximos meses de filiais em outras cidades do Pará e do Maranhão, e o pacote de benefícios, que tem como destaques o plano de saúde integralmente bancado pela empresa (com utilização ilimitada por parte de funcionários e dependentes) e 50% de reembolso na compra de medicamentos.

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
Em parceria com uma universidade, a empresa criou cursos de graduação em administração e marketing e oferece bolsa de 50% aos empregados interessados. Para muitos funcionários, a avaliação de desempenho não tem sido eficaz para reconhecer performances superiores e indicar caminhos de aprimoramento.
Continua após a publicidade
Publicidade