Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

A Zambon tem página no Facebook apenas para suas equipes

Os valores da empresa estão bem disseminados através de comunicação com bastante fluidez

Por Caroline Marino Atualizado em 5 dez 2020, 20h48 - Publicado em 27 mar 2013, 16h13

São Paulo (SP) – O que mais chama atenção ao conversar com os funcionários do Grupo Zambon, que comercializa produtos farmacêuticos, é que eles têm na ponta da língua a missão, os valores e os objetivos da empresa. Mérito da comunicação que flui entre todos os níveis e da cultura de gestão participativa, que incentiva o envolvimento de todos nas decisões.

“Nossa opinião tem um peso muito grande aqui”, diz um empregado. E isso vai além das conversas informais, que acontecem a todo instante. Há encontros mensais com a diretoria, trimestrais com o presidente, Wilson Borges, e anuais com a equipe de vendas. Aliás, no evento de 2011 foi lançado um desafio: se a meta de crescimento fosse batida, a reunião do ano seguinte seria realizada na Itália, onde está a sede da Zambon.

Dito e feito: mais de 170 profissionais, que representam quase 80% do quadro, tiveram essa experiência internacional em março de 2012. O ano passado também marcou o lançamento de outro canal de comunicação — uma página no Facebook aberta apenas aos funcionários, com acesso a informações corporativas e espaço para trocar ideias e experiências.

Os ânimos só esfriam quando o assunto caminha para remuneração, que o time considera baixa, e benefícios. Apesar de terem um pacote bastante competitivo, com licença-maternidade de seis meses, vales refeição e alimentação, convênio médico e odontológico e vale-medicamento da companhia, sendo preciso apenas apresentar a receita em nome do empregado ou do dependente, eles sentem falta da previdência privada.

E dizem também que as equipes andam muito enxutas, o que resulta em sobrecarga de trabalho. Ao que se percebe, isso não abala a satisfação dos 220 profissionais em trabalhar na Zambon. Eles entendem que essa realidade faz parte de uma empresa em processo de expansão e afirmam que são felizes lá. “Recebi há pouco tempo uma proposta de trabalho com salário mais alto, mas decidi ficar, porque compartilho dos valores da Zambon e me sinto feliz”, afirma um profissional. 

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
Os colaboradores elogiam o reembolso de 190 reais para quem precisa usar estacionamento e a possibilidade de sair depois do almoço às sextas-feiras. Os critérios para conseguir uma bolsa de estudo não são claros e alguns acreditam que há pouco investimento na área de treinamento.
Continua após a publicidade
Publicidade