Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

O trabalho começa no Angeloni com a Reunião do Bom Dia

É nesse momento que a base operacional da empresa toma conhecimento das metas e dos objetivos

Por Bárbara Ladeia Atualizado em 5 dez 2020, 20h49 - Publicado em 21 mar 2013, 15h30

Florianópolis (SC) – Faça chuva ou faça sol, todos os funcionários da rede de supermercados e postos Angeloni, com 23 lojas em Santa Catarina e no Paraná, começam o trabalho com a chamada Reunião do Bom Dia (ou Boa Tarde, para turnos que começam na segunda metade do dia).

É nesse momento que a maior parte do corpo operacional fica sabendo das metas, dos objetivos da empresa e do seu setor. A conversa é sempre com o líder imediato, e todos são estimulados a contribuir para o bom andamento dos serviços.

Nos níveis gerenciais, os discursos se afinam no Comitê de Negócios (Coneg), quando são também debatidas as questões relacionadas à imagem da Rede, ao atendimento ao cliente, à administração financeira e, principalmente, à gestão de pessoas.

A troca de experiências é estimulada na companhia. Quem quiser conhecer o trabalho do colega, por exemplo, pode se inscrever no programa Por um Dia, que permite ao funcionário passar um dia exercendo outras atividades. É uma forma de conhecer outra função antes de se candidatar a ela.

Os empregados se divertem e a migração de pessoas se torna mais eficiente. Todos que assumem um novo cargo passam ainda por treinamentos e workshops do Programa Tomada de Posto, uma imersão prática e teórica na nova função. Essa estrutura está disponível tanto para quem trabalha nas lojas como para os profissionais da rede de postos e lojas de conveniência.

Em 2011, a empresa investiu 800.000 reais em treinamentos. Como resultado, 850 profissionais foram promovidos. A estrutura familiar societária não parece interferir na evolução da gestão da Rede, que deve abrir mais três unidades e ampliar o quadro de funcionários em mais 900 vagas até o final do ano, levando a companhia a passar da marca dos 10.000 contratados.

Para dar suporte a esse crescimento, a área de gestão de pessoas mudou. O diretor comercial Álvaro Cordeiro passou a acumular a função de RH em 2009, elevando o simples departamento pessoal a um nível mais estratégico. 

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
Os funcionários sentem total abertura para o diálogo e elogiam muito o restaurante das unidades e o talento das cozinheiras. Para completar a satisfação dos funcionários, ainda falta um desconto exclusivo em compras feitas nas lojas da rede.
Continua após a publicidade

Publicidade