Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Todas as sedes da Cemar são equipadas com LAN houses

A empresa padronizou suas instalações para que as quatro regionais espalhadas pelo Maranhão tivessem o mesmo conforto da sede, em São Luís

Por Ursula Alonso Manso Atualizado em 5 dez 2020, 20h49 - Publicado em 26 mar 2013, 16h54

São Luís (MA) – A Cemar já foi o patinho feio entre as empresas de distribuição de energia elétrica do país. Na época em que era estatal, seus funcionários não tinham oportunidade de crescimento, acesso à diretoria, nem podiam dar sugestões. Os engenheiros eram chamados de “doutores”.

Hoje, sob o comando da holding Equatorial Energia, que pertence ao fundo Vince Partners, a Cemar empreende uma revolução baseada em três pilares: estratégia, liderança e comunicação. Primeiro, padronizou suas instalações para que suas quatro regionais espalhadas pelo Maranhão oferecessem o mesmo conforto que a sede, na capital, São Luís.

Todas são equipadas com restaurantes, lan house e salas de jogos e descanso. Os líderes passaram a participar das decisões estratégicas — no segundo semestre deste ano, por exemplo, um grupo multidisciplinar de gerentes elabora o que será o primeiro planejamento estratégico para os próximos cinco anos da empresa.

Ainda no quesito liderança, o mapeamento de sucessores vem acontecendo anualmente. Os profissionais identificados como de maior potencial passam por treinamento específico e sabem que “pertencem” à empresa, e não à área. Assim, a Cemar alcançou a marca de ter 87% dos líderes oriundos de seus próprios quadros.

E o Plano de Desenvolvimento, Carreira e Remuneração foi relançado em 2012 com bastante barulho — até as portas dos elevadores foram adesivadas para anunciar a novidade. Todos os funcionários da companhia passam por avaliação de desempenho e têm plano de desenvolvimento individual.

Para alinhar as métricas da avaliação e retirar a subjetividade do processo, a área de gente e gestão fez workshops de competências com todos os níveis em 2011. Nesse mesmo ano, a avaliação dos gerentes e diretores entrou no método 360 graus, enquanto as demais lideranças são avaliadas pelo modelo 180 graus. Com todo esse banho de gestão, a Cemar não só deixou de ser o patinho feito do setor como entrou na lista das melhores empresas para trabalhar no país.

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
A verba das multas aplicadas a fornecedores por descumprimento de prazos é direcionada à formação de eletricistas em comunidades carentes. Oferece apenas convênio com faculdades, cujo desconto é de 15%. Os colaboradores pedem um subsídio que garanta percentual maior.
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

App VOCÊ RH para celular e tablet, atualizado mensalmente

a partir de R$ 12,90/mês