Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Como o coronavírus mudou as prioridades dos CEOs brasileiros

Pesquisa feita pela Talenses, divulgada com exclusividade por VOCÊ S/A, mostra que a maior parte dos executivos está menos preocupada com o lucro

Por Da Redação Atualizado em 5 dez 2020, 20h54 - Publicado em 8 Maio 2020, 17h11

São Paulo – Com a crise do novo coronavírus, as prioridades das companhias mudaram bastante. É isso o que revela o estudo A agenda da alta liderança em meio à covid-19, realizado pela consultoria de recrutamento Talenses no mês de abril.

De acordo com o levantamento, feito com 282 companhias (61% brasileiras e 39% multinacionais), antes da pandemia da covid-19, as três principais prioridades das organizações eram: aumentar o lucro; aumentar a produtividade e a eficiência da equipe; e desenvolver novos produtos ou serviços.

  • Agora, há outros itens na agenda. Os CEOs querem, na sequência, aumentar a produtividade e a eficiência da equipe; manter a equipe de funcionários evitando demissões; e fazer a manutenção do negócio de acordo com os resultados conquistados no ano anterior.

    E os executivos enxergam que os impactos econômicos da pandemia terão consequências imediatas nas empresas que lideram. Ao ser questionados sobre os resultados esperados neste ano, a maioria acredita que serão piores do que os de 2019.

    A pesquisa foi debatida em webinar que contou com a participação de Ana Paula Bogus, diretora geral da Rappi; Roberto Funari, CEO da Alpargatas; Luiz Valente, CEO do Talenses Group; e João Marcio Souza, CEO da Talenses Executive; com mediação de Elisa Tozzi, editora-chefe da VOCÊ S/A. Para assistir ao evento, é só clicar aqui.

    Os RHs também estão com novas prioridades por conta da crise da covid-19. Veja quais são nesta reportagem. 

     

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ S/A? Clique aqui e assine VOCÊ S/A  por R$ 9,90 por mês.

    Gosta da VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante,  por R$ 9,90 mensais.

    Continua após a publicidade
    Publicidade