Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Coronavírus: concurso do IBGE com 208 mil vagas para Censo é suspenso

IBGE decidiu adiar o Censo para 2021 seguindo recomendações Ministério da Saúde em razão da pandemia de coronavírus

Por Camila Pati Atualizado em 5 dez 2020, 20h55 - Publicado em 18 mar 2020, 11h54

Em razão da pandemia de coronavírus, o IBGE adiou a realização do censo para o ano que vem e o concurso para contratação de agentes censitários, supervisores e recenseadores está suspenso. No site do IBGE há um comunicado sobre as recentes decisões tomadas seguindo as recomendações do Ministério da Saúde.

A seleção para 208 mil vagas temporárias teve dois editais publicados no Diário Oficial do dia 5 de março e receberia inscrições até o próximo dia 24 de março pelo site da Cebraspe. Candidatos que já efetuaram pagamento de inscrição serão reembolsados conforme orientações a serem publicadas nos próximos dias.

Sobre a suspensão do Censo e do Concurso, o IBGE informa que “a decisão leva em consideração a natureza de coleta do Censo, domiciliar e predominantemente presencial, com estimativa de visitas de mais de 180 mil recenseadores a cerca de 71 milhões de domicílios em todo o território nacional. Considera, também, a impossibilidade de realização, em tempo hábil, de toda a cadeia de treinamentos para a operação censitária, cuja primeira etapa se iniciaria em abril de 2020, de forma centralizada, e posteriormente replicada em polos regionais e locais até o mês de julho”.

  • Relacionadas

O próximo Censo Demográfico terá como data de referência o dia 31 de julho de 2021, com coleta de dados prevista entre 1º de agosto e 31 de outubro de 2021, segundo o IBGE.

O instituto também decidiu pela suspensão da coleta domiciliar presencial da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), do Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor (IPCA, IPCA-15, IPCA-E e INPC) e do Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI).

Como a lei brasileira trata faltas no trabalho por suspeita de coronavírus?

O afastamento do trabalho de um funcionário com suspeita de coronavírus é uma medida de proteção à saúde pública, estando o empregado sujeito à estudo e investigação epidemiológica. Confira se há impacto no salário:

Quem faltar ao trabalho por suspeita de coronavírus terá o dia descontado?

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)