Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Quase metade das empresas não está preparada para voltar ao escritório

Falta de estratégia atinge 46% das companhias e, entre as que têm um plano, oferta de álcool em gel é a principal medida

Por Elisa Tozzi Atualizado em 11 jan 2021, 19h09 - Publicado em 28 dez 2020, 10h00

Retornar às atividades presenciais é uma questão relevante para as companhias, mas quase metade delas (46%) ainda não se preparou para isso. Esse é um dos dados revelados em uma pesquisa feita pela VR Benefícios em parceria com o Instituto Locomotiva, que ouviu 438 entrevistados em dezembro de 2020.

O levantamento mostra que, embora não exista uma estratégia desenhada em grande parte das companhias, 81% dos participantes consideram que ter um plano de volta dos funcionários ao trabalho presencial é muito importante.

  • Entre as organizações que já traçaram um planejamento, as medidas para que os empregados trabalhem em segurança contam com disponibilidade de álcool em gel (83%), distribuição de máscaras (76%) e desinfecção do ambiente (72%). Vale ressaltar que as companhias estão menos propensas a adotar práticas como disponibilizar transporte aos empregados e fazer testes de covid-19.

    Durante a crise, as principais atitudes das companhias ouvidas pelo estudo foram: antecipar férias (68%), implementar o trabalho remoto (48%) e reduzir a carga horária (41%).

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade