Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

RH 4.0 é adotado pela Mexichem

A capacidade de aprender será cada vez mais importante para todos os profissionais

Por Tatiana Sendin Atualizado em 5 dez 2020, 19h12 - Publicado em 9 mar 2018, 05h00

A Mexichem, dona das marcas Amanco e Plastubos, é uma fabricante tradicional. Produz, entre outras coisas, canos de plástico. Mesmo assim, o presidente no Brasil, Mauricio Harger, a prepara para a transformação digital.

Ele sabe que as tarefas de empregados da manufatura serão impactadas pela automação e pela internet das coisas, itens que compõem a chamada indústria 4.0. “O operador de planta manuseia instrumentos, painéis, válvulas — conhece o equipamento pelo barulho e pela temperatura. Mas isso vai mudar logo. Ele terá de usar tablets e sensores para acompanhar informações da linha de produção, dados históricos e pontos de atenção”, diz o executivo.

Na Mexichem, os trabalhadores já se valem de computadores portáteis na fábrica. A capacidade de aprender, interpretar relatórios, será cada vez mais importante — e é aí que a área de recursos humanos deve agir. “O RH precisa não só mudar o processo de seleção para atrair as pessoas certas. É fundamental trazer quem possui a habilidade de se desenvolver.”

Para isso, a Mexichem tem aplicado testes cognitivos no processo de seleção (para todos os níveis) a fim de identificar aqueles que obtêm conhecimento com mais facilidade. No começo, o pessoal de RH resistiu, dizendo que o bom era a entrevista olho no olho”, afirma o CEO. Então eles mesmos passaram pela avaliação cognitiva e viram que os resultados batiam; também convidaram os mais inteligentes da operação a responder ao teste e, novamente, a máquina acertou. “Isso cria um círculo virtuoso. As pessoas vão gostando da tecnologia, propondo projetos e melhorias. Eles me trazem tendências e análises de dados que querem explorar. Esse é o futuro do RH.”


“O conhecimento que queremos incorporar às máquinas de inteligência artificial está com as pessoas mais experientes”

Mauricio Harger, presidente na Mexichem Brasil

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

App VOCÊ RH para celular e tablet, atualizado mensalmente

a partir de R$ 12,90/mês