Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Imagem Blog

Isis Borge Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Executive Director Talenses & Managing Partner Talenses Group
Continua após publicidade

As 7 melhores práticas para quem quer revisar o plano de carreira

Gestores também devem reavaliar metas na trajetória profissional — e o início do ano é um ótimo momento para fazer ajustes

Por Isis Borge, colunista de VOCÊ RH
13 jan 2023, 07h57
I

nício de ano é sempre um bom momento para rever a estratégia da trajetória da sua carreira. Ao fazer isso, alguns pontos são importantes de serem avaliados. O principal é o objetivo final da jornada profissional, ou seja, aonde você deseja chegar, o que espera conquistar. É isso que torna tão importante avaliar cada passo e, de tempos em tempos, revisar se o caminho precisa ser ajustado ou alterado.

Caso você queira aproveitar o período para elaborar ou revisar seu planejamento de carreira, sugiro sete boas práticas:

1. Mapeie as etapas do seu caminho e as demandas de cada fase

Com o seu objetivo final em mente, liste em quais cargos e/ou empresas gostaria de trabalhar durante essa jornada. Então, considerando cada uma dessas fases, faça uma lista das habilidades comportamentais e técnicas necessárias para se destacar em todos esses lugares por onde passar. Quais diplomas e cursos são importantes? Quais idiomas deve dominar? Quais soluções ou conceitos de tecnologia precisa conhecer? Quais comportamentos que você tem hoje podem impactar a sua carreira de maneira negativa? Quais são seus pontos fortes como pessoa e profissional?

2. Identifique os profissionais que te inspiram

Continua após a publicidade

Busque saber qual profissional do mercado já chegou onde você quer chegar. Pode ser uma pessoa que você conheça pessoalmente ou não. O importante é que você tenha a oportunidade de analisar com cautela a trajetória desse ou dessa profissional, entendendo os passos percorridos, as qualificações realizadas e as habilidades técnicas e comportamentais desenvolvidas ou aprimoradas. Se você conseguir mapear mais do que uma pessoa, a análise pode ser ainda mais útil.

3. Defina cronogramas

Isso quer dizer estabelecer um acordo com você mesmo sobre o tempo que se dedicará a cada fase dessa trajetória rumo ao objetivo traçado. Aqui, é fundamental dividir o percurso em pequenos trechos para facilitar a mensuração do seu esforço. E, de tempos em tempos, avalie os seus progressos, além de acompanhar e ajustar a rota sempre que for preciso.

Continua após a publicidade

4. Comemore cada conquista

Celebrar e ir relembrando onde se quer chegar é importante para manter a motivação durante toda a carreira. Afinal, como dizem, a vida é o que acontece entre o momento que traçamos o objetivo e o dia que chegamos a ele. Precisamos curtir a jornada para que ela seja satisfatória, inclusive compensando o esforço e os contratempos.

5. Tenha clareza sobre alguns preços do sucesso

Continua após a publicidade

Não é regra. Mas, muitas vezes, ter sucesso na carreira pode significar trabalhar bastante, precisar se dedicar a cursos extras, dominar outros idiomas, ter muita disciplina e foco, saber gerenciar conflitos e projetos mais complexos. Digo isso porque ouço com alguma frequência CEOs bem-sucedidos comentando que nem todo mundo estaria disposto a pagar o preço que está por trás de seus cargos, incluindo o que se refere aos momentos de desequilíbrio entre o tempo dedicado à vida pessoal e profissional.

6. Eleja alguém que te ofereça mentoria

É muito produtivo ter alguém para conversar sobre a sua carreira e os seus anseios em relação a ela. Isso tende a ampliar o nosso olhar sobre as situações. Infelizmente, porém, ainda vejo muitos profissionais que enxergam o tema carreira como um tabu e vão simplesmente tocando os dias no trabalho, sem planejamento ou foco. Mas cuidado. Não acredito ser prudente sair falando aos quatro cantos sobre os anseios profissionais. É importante escolher para mentor uma pessoa de confiança que você admire pela trajetória profissional e que esteja disposta a te ajudar a expressar seus pensamentos, sentimentos e planos, contribuindo com experiência e ideias na análise de cada situação. Pense a respeito.

Continua após a publicidade

7. Procure ser feliz na jornada

A saúde mental e o autocuidado precisam estar em pauta dentro e fora do ambiente de trabalho de todos nós. Isso significa, por exemplo, ter uma rotina com pausas para se exercitar, descansar e ter uma alimentação adequada, entre outras iniciativas que fazem toda a diferença na qualidade de vida e na prevenção do burnout.

O desafio de 2023 é conseguir dar conta de todas as tarefas pessoais e profissionais no dia a dia, mas com equilíbrio, buscando sempre a segurança psicológica no ambiente corporativo!

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

As empresas estão mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VOCÊ RH.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.