Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Imagem Blog

Isis Borge

Executive Director Talenses & Managing Partner Talenses Group
Continua após publicidade

Por que não devemos ignorar o impacto visual nas entrevistas por vídeo

Já vi baratas invadindo o espaço onde está o candidato, cachorro derrubando a estante — é preciso se preparar até para os imprevistos

Por Isis Borge, colunista de VOCÊ RH
26 ago 2022, 12h11
É

fato que o formato de videoconferências veio para ficar nos processos seletivos. Algumas empresas têm incluído, em algum momento, etapas presenciais. Mas a grande maioria das organizações aderiu ao formato de entrevistas por vídeo ao menos no início do processo seletivo.

Antes da pandemia, um processo seletivo ser conduzido de forma remota não era bem visto no mundo corporativo. Agora, alguns candidatos até estranham quando agendamos etapas presenciais com as empresas contratantes.

Eu, particularmente, vejo vantagens nessa possibilidade da conversa à distância, a começar pela maior disponibilidade na agenda de todos para encaixar uma conversa entre as várias reuniões do dia. Isso vale tanto para candidatos quanto para os empregadores. Além, é claro, da menor dependência de se reservar uma sala para a reunião presencial, algo que pode ser muito desafiador em organizações de diferentes portes.

Continua após a publicidade

O que tenho notado, porém, é que ainda existem uma série de dúvidas quando o assunto é entrevista por videoconferência. As mais comuns estão relacionadas aos seguintes tópicos:

Familiaridade com a câmera

Continua após a publicidade

Com frequência, ouço que algumas pessoas não se sentem tão confortáveis diante da câmera quanto se sentiriam em um encontro presencial e para esse desconforto a única recomendação que tenho é: treino. Procure agendar conversas por vídeo com pessoas diferentes para se sentir mais confortável.

Imagem no fundo de tela

O fundo da sala também tem sido uma preocupação. Sempre me perguntam se é melhor aplicar uma imagem ou utilizar como “cenário” o local onde a pessoa está. Minha opinião é de que o bom senso deve prevalecer. Faça um teste. Conecte-se com as duas opções e veja qual lhe parece mais agradável. Ao optar pelo ambiente real, certifique-se de que o local está organizado e não há chance de pessoas aparecerem andando ao fundo. Ao optar por uma imagem, escolha uma neutra e posicione-se de uma forma que a imagem não fique ocultando partes do seu corpo. Na dúvida, posicione-se em frente a uma parede totalmente branca. Isso funcionará super bem já que quem deve brilhar na entrevista é você e não o fundo da tela.

Continua após a publicidade

Roupa

Ainda que as entrevistas por vídeo permitam uma certa informalidade, não podemos descuidar da apresentação pessoal. Na hora de escolher a roupa, considere a vaga que está sendo pleiteada e a formalidade da empresa em questão. Nas entrevistas por vídeo, a gravata é um item que tem caído em desuso, mas uma aparência mais arrumada, com a roupa passada e bem conservada é importante, principalmente se for uma empresa ou um cargo mais formal. Na dúvida, uma camisa social sempre passa uma boa impressão. Se estiver frio, coloque por cima um blazer. De maneira geral, tanto para homens quanto para mulheres, prefira peças sem estampas ou com modelos que possam chamar mais atenção do que o que você tem a dizer. Cores neutras como preto, branco, azul, cinza, marrom, beje são tons que sempre caem bem em uma entrevista. Demonstrar que teve o cuidado de se arrumar para o momento costuma causar uma ótima primeira impressão.

Um outro lembrete básico que vale não só para entrevistas como para reuniões on-line em geral é: não caia na tentação de ficar com camisa e bermuda. Afinal, imprevistos podem acontecer e você pode precisar se levantar no meio da conversa. O número de gafes nesse sentido é enorme e pode colocar uma vaga em risco.

Continua após a publicidade

Já presenciei situações bem desconfortáveis acontecendo durante a entrevista, forçando os candidatos a se levantarem. Já vi baratas invadindo o espaço de um, o cachorro derrubando a estante do outro, o forro do teto caindo em cima de um candidato e até um alarme de incêndio que tocou durante a conversa. Situações que podem acontecer com qualquer um de verdade, por isso estejam adequadamente vestidos.

Cuidados pessoais

Sem deixar de lado o seu estilo pessoal e as suas preferências, é de bom tom estar com os cabelos limpos e arrumados. Quem optar por se maquiar ou usar acessórios, sugiro que use cores leves para, assim como eu disse anteriormente, a maquiagem ou os itens não chamarem mais a atenção do que o que você tem a dizer.

Continua após a publicidade

E claro, já que estamos falando de entrevistas por vídeo, dicas adicionais como checar a conexão com antecedência, ter um copo de água ao alcance e estar com celular carregado por perto seguem válidas. Tudo para driblar qualquer intercorrência.

Espero ter ajudado para que você possa fazer uma boa entrevista!

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.