Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Imagem Blog

Jackie De Botton Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por The School of Life
Diretora criativa da The School of Life
Continua após publicidade

Por que a simplicidade deveria estar entre nossos desejos de ano-novo

A simplicidade não é ter uma vida com poucos bens, e sim uma existência com recursos que inspiram a nossa prosperidade em diferentes esferas

Por Jackie de Botton, colunista de VOCÊ RH
23 dez 2022, 08h23
A

vida em um monastério, com todos os seus rituais, existe no mundo inteiro há muitos séculos. Mas é uma forma de viver que tende a não ser considerada pela mente de muitos de nós nos dias de hoje. Ainda assim, de uma forma limitada, mas significativa e muito inesperada, talvez queiramos nos tornar mais parecidos com monges, porque, em sua essência (se removermos a teologia elaborada), o monasticismo aponta para um ideal comovente: a possibilidade de unir simplicidade e dignidade. São figuras que fundem apresentação externa minimalista com beleza e elevação espiritual.

Em uma boa vida monástica, a comida pode ser simples, mas é nutritiva e preparada cuidadosamente. O quarto de um monge pode ser quase vazio, mas os móveis são bem feitos. As áreas comuns são contidas, mas elegantes. Os monges têm pouco ou nenhum dinheiro, mas seus dias são tranquilos, focados e bem organizados. Em vez de se sentirem humilhados por suas posses modestas, quartos pequenos e escassez de enfeites e riqueza pessoal, os monges têm uma convicção profunda da legitimidade e do valor de sua existência.

A atração dessa simplicidade monástica é que ela tem um motivo positivo, não um negativo. Em vez de abrir mão tristemente dos confortos da vida, como podemos supor, o objetivo é buscar deliberadamente o que realmente nos interessa, ajuda ou empolga. É simplificar, aos poucos, nossa vida para deixar que o que realmente importa venha à tona. E o conhecimento sólido de nosso propósito é nosso guia para diminuir a complexidade da nossa vida.

O passo crucial rumo a uma vida mais simples e significativa não é nos livrarmos de coisas materiais, como podemos inicialmente supor, mas nos aprofundarmos por meio de uma atenção mais plena ao aqui e agora. É nos debruçarmos sobre o autoconhecimento e os diversos questionamentos que dele fazem parte. É desenvolver e aprimorar a nossa inteligência emocional para tomar melhores decisões e reagir com mais sabedoria às pessoas e situações desafiadoras.

A simplicidade não é tanto ter uma vida com poucos bens e compromissos, mas sim uma vida com recursos que inspirem a nossa prosperidade em diferentes esferas. Nossa vida parecerá e será mais simples quando sondarmos nossa mente e conseguirmos extrair dela o elemento mais precioso e secreto: o conhecimento sobre o que realmente queremos.

Continua após a publicidade

Uma vida significativa não visa tanto a satisfação diária, mas a realização. Pode-se levar uma vida significativa e, ainda assim, às vezes, ficar de mau humor ou triste, sem culpa. Por outro lado, é possível se divertir superficialmente e viver sem dar nenhum significado à vida, o que pode ser um grande desperdício. Na The School of Life, acreditamos profundamente que nós encontramos o significado da vida quando entramos em contato com nós mesmos, com o outro e com o mundo ao nosso redor.

Desejo que, com o início de um ano novo, você se conecte com esperança e disposição para olhar para as questões do cotidiano com uma determinação renovada. Pois, como disse o filósofo Albert Camus, “se há um pecado contra a vida, talvez não consista tanto no desespero de viver quanto em esperar outra vida e furtar-se à implacável grandeza desta”.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

As empresas estão mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VOCÊ RH.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.