Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Imagem Blog

Paulo Campos Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

É mestre em Psicologia da Educação, Professor na FDC e membro da Nōvi - um estúdio especializado em cultura de aprendizagem.
Continua após publicidade

Como abraçar a imperfeição nas metas de ano novo

Não trace planos pensando em uma versão idealizada de você mesmo. Em 2024, trabalhe a autoaceitação, celebre pequenas conquistas e redescubra o ócio.

Por Paulo Campos, colunista da VOCÊ RH
Atualizado em 4 jan 2024, 15h13 - Publicado em 4 jan 2024, 15h12

Refletir sobre nossas metas e a forma como as perseguimos é mais do que um exercício de planejamento: é um ato de autoconhecimento e compaixão. Ao estabelecer objetivos para o ano novo, muitos de nós caímos na armadilha de idealizar um “eu perfeito”, muitas vezes construindo expectativas irrealistas. Isso nos leva a comparações injustas e nocivas, seja com outras pessoas ou com esta versão idealizada de nós mesmos, fomentando um ciclo de autocrueldade e desvalorização.

Comece reconhecendo que ser humano significa navegar por um oceano de imperfeições. Errar, mudar, cansar-se e até questionar nossos próprios desejos são aspectos intrínsecos à nossa jornada. A vida não é uma linha reta rumo à perfeição, mas sim um labirinto repleto de reviravoltas, mudanças de direção e descobertas. Precisamos entender que é normal se sentir cansado, necessitar de um descanso ou reavaliar nossos caminhos.

Para estabelecer metas possíveis de se atingir, devemos primeiro incorporar a realidade aos nossos planos. Aceitar-nos como somos e aceitar a vida como ela é pode ser um ponto de partida poderoso. Se algo não sair como planejado, devemos nos tratar com gentileza e compaixão, perguntando-nos: “O que eu preciso agora para seguir em frente?”. A resiliência e a capacidade de se reerguer são algumas das nossas maiores qualidades.

Aqui estão algumas dicas para abraçar a imperfeição em 2024:

Continua após a publicidade

1. Autoaceitação e planos realistas

Ao estabelecer metas, considere as circunstâncias da sua vida atual, incluindo suas limitações. Por exemplo, se seu objetivo é fazer exercícios físicos, em vez de planejar uma rotina intensa imediatamente, comece com metas menores, como caminhadas curtas três vezes por semana, aumentando gradualmente a frequência e intensidade.

2. Autocompaixão em momentos difíceis

Quando as coisas não saírem como planejado, pratique a autocompaixão. Em vez de se criticar, pergunte-se: “O que eu preciso agora para me sentir melhor?”. Isso pode incluir tirar um tempo para si mesmo, buscar apoio de amigos ou familiares ou simplesmente reconhecer que está tudo bem ter um dia ruim.

3. Celebração das pequenas conquistas

Em vez de focar apenas nas grandes metas, celebre os pequenos progressos e vitórias ao longo do caminho. Por exemplo, se você está aprendendo um novo idioma, comemore cada nova palavra ou frase que aprende, em vez de esperar se tornar fluente.

4. Respiração e mindfulness

Pare por alguns momentos ao longo do dia para respirar profundamente e se reconectar consigo mesmo. A prática do mindfulness pode ajudá-lo a se manter ancorado no presente, reduzindo a ansiedade e aumentando a clareza mental.

Continua após a publicidade

5. Redescobrindo o ócio

Permita-se momentos de ócio sem culpa. Apreciar as coisas simples da vida, assistir ao pôr do sol, ler um livro por prazer ou simplesmente sentar-se em silêncio pode ser incrivelmente revigorante e uma fonte de inspiração e criatividade.

Ao embarcar nesta jornada de autodescoberta e crescimento, lembre-se de que você é um ser humano com forças e fraquezas – e que ambos são igualmente valiosos. Cultivar a paciência, a compreensão e a gentileza consigo mesmo é essencial para uma vida plena e equilibrada. Que possamos encontrar alegria e satisfação nas pequenas coisas e celebrar cada passo da nossa jornada, não apenas os destinos.

Um feliz 2024 pra você!

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.