Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Funcionários estão prontos para o híbrido, mas as empresas nem tanto

Mesmo com níveis mais altos de produtividade com o trabalho híbrido, companhias enfrentam desafios com a adoção do modelo

Por Redação 14 jun 2022, 12h59
U

m novo estudo da Cisco, empresa de soluções para redes e comunicações, constatou que 61% dos empregados acreditam que a qualidade do trabalho melhorou após a adoção do modelo híbrido. No Brasil, esse número é ainda mais significativo, de 72,3%. Por outro lado, a pesquisa, batizada de “Os empregados estão prontos para o trabalho híbrido, e você?” e que ouviu 28 mil trabalhadores de 27 países, revelou também que apenas 25% dos entrevistados sentem que sua empresa está “muito preparada” para um futuro de trabalho híbrido. Por aqui, esse número também é maior, de 28%.

O tempo fora do escritório melhorou o equilíbrio entre rotina pessoal e carreira para 79%, principalmente por causa da redução do tempo de deslocamento e do horário de trabalho mais flexível. No Brasil, 65% afirmam poupar mais de quatro horas semanais, e 30% economizam oito ou mais horas por semana no home office. Os respondentes disseram que o bem-estar financeiro também melhorou — 76% economizam dinheiro enquanto trabalham remotamente.

Conjunto que resulta em felicidade

Considerando que cinco categorias de bem-estar foram beneficiadas — emocional, financeira, mental, física e social —, 82% dos entrevistados disseram estar mais felizes com a possibilidade de trabalhar de qualquer lugar. Pouco mais da metade também citou a diminuição do estresse, e cerca de um terço considera o trabalho híbrido mais relaxante e a pressão no ambiente de trabalho, menor. No entanto, 55% acreditam que os comportamentos de microgerenciamento aumentaram com o novo modelo, o que seria um aspecto negativo. 

Continua após a publicidade

Os desafios

A inclusão e o engajamento ainda são desafios no modelo híbrido. Mais da metade dos entrevistados considera que aqueles que trabalham de forma totalmente remota terão maior dificuldade para se engajar com colegas e com a empresa, em comparação àqueles que alternam entre presencial e remoto. E 73% dizem que a companhia precisa repensar a cultura e a mentalidade para tornar o trabalho híbrido realmente inclusivo. Entre as mudanças citadas pelos entrevistados estão maior flexibilidade na definição de horas de trabalho (60%) e maior ênfase no bem-estar e equilíbrio entre vida profissional e pessoal (60%).

Além disso, 62% dos entrevistados acreditam que ter problemas de conectividade regularmente limita a carreira dos trabalhadores remotos, e 84% dizem que a infraestrutura de rede é essencial para uma experiência perfeita de trabalho em casa, mas apenas 68% consideram que sua empresa atualmente tem a infraestrutura de rede adequada.

A confiança também será um ponto que as organizações deverão prestar mais atenção. Enquanto 71% acreditam que seu gestor confia neles para serem produtivos ao trabalhar remotamente, 59% acham que podem confiar em seus colegas para trabalhar remotamente. 

Compartilhe essa matéria via:

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)