Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Os funcionários folgam no dia de seu aniversário na Cobap

Para os executivos, há cursos de neurolinguística e inteligência emocional

Por Ursula Alonso Manso Atualizado em 5 dez 2020, 20h48 - Publicado em 28 mar 2013, 11h33

Maracanaú (CE) – Localizada no Distrito Industrial, em Maracanaú, na Grande Fortaleza (CE), a Cobap, indústria dedicada à produção e comercialização de papel ondulado e caixas para embalagens, se destaca das vizinhas por pagar os salários mais altos da região para o nível operacional.

No último dissídio, o aumento da categoria foi fixado em 12%. Mas, graças ao crescimento de 15% a 20% experimentado nos últimos anos, a Cobap concedeu 22% de aumento aos cargos de base. Com isso, o número de currículos que chega mensalmente à área de RH mais que dobrou e a empresa se tornou uma das mais cobiçadas do local.

Mas não é só o salário que tem atraído gente para lá. A companhia também investe na formação de seu time. Aos gestores, é oferecido um programa de desenvolvimento com módulos de comunicação, inteligência emocional e neurolinguística. Foram treinados 25 gerentes e coordenadores no ano passado e, em 2012, o programa foi ampliado para 35 encarregados, que formam a chamada reserva técnica da empresa.

No nível operacional, 38 pessoas estão cursando o Ensino Médio, com aulas oferecidas na própria planta. O subsídio educação vai de 30% a 90% do valor da mensalidade do curso, que pode ser técnico, de graduação ou pós. Além disso, todo mês de outubro os gestores levantam as necessidades de treinamento das equipes para formatar o programa de desenvolvimento do ano seguinte.

O RH, por sua vez, automaticamente aumenta a verba em 50%, de forma a atender às novas demandas que possam surgir durante o período. Sem incluir as bolsas de estudo, o investimento em treinamento e desenvolvimento da Cobap foi de 80.000 reais em 2011 e 120.000 reais

em 2012. Em franca expansão, a empresa já opera em três turnos e tem ainda uma quarta turma trabalhando aos domingos. Falta até espaço físico para expandir sua linha de produção, problema que deverá ser solucionado a partir do ano que vem, quando começará a construir uma nova unidade, em terreno recém-adquirido ao lado da fábrica atual. 

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
Há folga no dia do aniversário e todos se orgulham da responsabilidade ambiental da empresa, que utiliza aparas de papelão como matéria-prima. Os funcionários dizem que não conhecem o processo para a escolha dos líderes. Também não há um mapa de carreira e não fica claro o que fazer para subir.
Continua após a publicidade
Publicidade