Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Randon se destaca com pacote de educação

Empresa é preocupada com o futuro dos negócios e dos funcionários e até plano de saúde vitalício para quem trabalha 40 anos por lá

Por Tatiana Sendin Atualizado em 5 dez 2020, 20h49 - Publicado em 21 mar 2013, 15h17

Caxias do Sul – (RS) – A Randon, fabricante de reboques, semirreboques, carrocerias e soluções para o transporte de carga, é uma empresa preocupada com o futuro. Não só dos negócios, mas de seus funcionários também. “Se eu ficar aqui mais um ano, vou ganhar plano de saúde vitalício, para mim e para a minha esposa”, diz um profissional com 39 anos de casa.

A companhia oferece ainda um programa de preparação para a aposentadoria e previdência privada, além de restaurante na fábrica, ônibus para transporte dos empregados, sistema de empréstimo com taxas menores do que a dos bancos, participação nos lucros, ambulatório médico e ambulância. Também há bolsas de estudos de até 40%, desconto em cinemas e viagens e passeios organizados pela empresa.

E as iniciativas de valorização e desenvolvimento de pessoas se estendem aos familiares e à comunidade. A Randon mantém uma colônia de férias para as crianças até 11 anos (que, em julho, passam uma semana em um acampamento) e dois programas, o Florescer e o Qualificar, para menores carentes e para os filhos de funcionários, com reforço escolar, aulas de arte e música, e cursos técnicos para os adolescentes, que os preparam para o mercado de trabalho.

“Meu filho recebe meio salário mínimo, ganha refeição e volta no ônibus junto com a gente”, diz um empregado. Muitos dos jovens acabam ingressando na Randon mais tarde. Lá dentro, o pessoal do operacional ascende com o Aqui Você Pode Crescer, uma prática que dispõe na intranet as vagas de todas as nove empresas do Grupo Randon (em 2011, foram 226 movimentações).

E o programa de sucessão forma pessoas para a chefia. “Nos últimos cinco anos, 83% dos cargos de coordenadores, gerentes e diretores foram supridos por esse programa”, diz Ivan Antonio Scopel, gerente administrativo e de RH. Quando o profissional é selecionado para uma vaga, fica um ano com um mentor, que ensina as tarefas, o acompanha e aconselha. “Se não der certo na nova função, pode voltar para a antiga”, explica um gestor. 

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
As oportunidades de crescimento (foram realizadas 1.121 promoções em 2011); o pacote de benefícios, principalmente de educação; e qualidade de vida. Algumas áreas de produção são consideradas insalubres pelos funcionários, que também pedem mais espaço na fábrica para aumentar a produtividade.
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

App VOCÊ RH para celular e tablet, atualizado mensalmente

a partir de R$ 12,90/mês