Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Nestlé cria programa para acolher funcionários que estão de luto

Com rodas de conversa, a multinacional orienta sobre o luto e abre espaço para que funcionários e seus familiares compartilhem seus sentimentos

Por Redação Atualizado em 25 jul 2021, 12h10 - Publicado em 26 jul 2021, 07h00

A pandemia da covid-19 já fez com que quase 550.000 pessoas perdessem a vida no Brasil. Como as mortes afetam milhares de famílias por todo o país, empresas têm desenhado programas para acolher funcionários enlutados e debater o tema. A Nestlé é uma delas.

  • A multinacional desenvolveu, ao lado da consultoria House of Feelings, um projeto de rodas de conversas que vai impactar 56.000 pessoas – entre empregados da companhia e seus familiares. A ideia é criar um espaço não apenas para orientar sobre o luto, mas para ouvir como as pessoas estão se sentindo.

    “Nosso compromisso é ajudar a gerenciar essa dor, respeitando o momento e trazendo acolhimento”, diz Katia Regina, gerente de Benefícios e Bem-estar da Nestlé. “Estamos criando uma rede de apoio para ajudar as pessoas a passarem por esses tempos tão difíceis. Não temos como objetivo minimizar a dor, já que cada um tem o seu momento. Queremos mostrar acolhimento e empatia, sem julgar ninguém.”

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade