Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Quem tem filhos quer que o home office continue

Pesquisa da Filhos no Currículo em parceria com o Movimento Mulher 360 mostra que seis em cada dez pais e mães deseja ficar em trabalho remoto

Por Redação Atualizado em 10 dez 2020, 20h30 - Publicado em 28 set 2020, 09h05

Este texto foi publicado na edição 69 de VOCÊ RH.
A maioria dos profissionais com filhos quer a ampliação do home office após o fim da pandemia e a volta das crianças para a escola. Pelo menos é isso que aponta uma pesquisa da consultoria Filhos no Currículo, em parceria com o Movimento Mulher 360, que ouviu 825 pais e mães entre abril e julho.


De acordo com o levantamento, 60% dos entrevistados gostariam de manter o trabalho remoto. Dentre os benefícios citados estão a economia de horas no transporte público e mais tempo para se dedicar à família e para cuidar de si mesmos. Para 90%, a vivência do home office durante o isolamento também foi uma oportunidade de fortalecer os vínculos em casa.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

Publicidade