Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

51% das empresas não estavam totalmente prontas para enfrentar a crise

Estudo feito com líderes de pequenas e médias empresas do Brasil mostra que apenas 13% sentiam que seus negócios estavam preparados

Por Redação Atualizado em 15 jan 2021, 14h39 - Publicado em 15 jan 2021, 14h31

Um levantamento da Fiverr, plataforma de serviços freelancer, mapeou as expectativas e percepções de líderes de micro, pequenas e médias empresas sobre seus negócios durante a crise da covid-19. Foram ouvidas 504 pessoas durante o mês de outubro de 2020.

Os resultados mostram que apenas 13% e sentiam totalmente prontos para isso. A maioria dos líderes (51%) se consideravam parcialmente preparados e 15% não se sentiam nem um pouco aptos para encarar a pandemia. Além disso, 44% disseram que se os negócios estivessem mais preparados para o trabalho remoto, a dificuldade seria menor.

Pensando no futuro, os empresários são otimistas: 55% acreditam que depois da pandemia seus negócios serão fortalecidos pela presença digital, terão mais flexibilidade (47%) e mais contratação de freelancers (38%).

Mais freelancers

Outro recorte do estudo mostra que houve um aumento de 79% da contratação de freelancers durante a pandemia. O crescimento do trabalho à distância e a necessidade de encontrar profissionais que aceitem trabalhar por projetos são explicações para o crescimento do interesse em serviços freelancers.

Os setores mais demandados são: Vendas, Mídia e Marketing (88%), Arquitetura, Engenharia e Construção (86%) e TI e Telecom (85%). E os profissionais mais contratados atuam em Marketing Digital (59%), Atendimento ao Consumidor (49%) e Gerenciamento de Mídias Sociais (48%).

“Muitas empresas se viram forçadas a mudar seus processos neste período e perceberam que conseguem rodar bem, mesmo à distância. Novas necessidades surgiram e abriram espaço para outras formas de buscar e se relacionar com os profissionais que prestam serviço dentro do negócio”, diz Peggy De Lange, vice-presidente de Expansão Internacional da Fiverr.

Continua após a publicidade

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

 

 

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade