Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Leia trecho do novo livro de Domenico De Masi, autor de O Ócio Criativo

Sociólogo italiano afirma em nova obra que o ser humano se dedicará cada vez mais a funções criativas e aprenderá a viver de forma mais livre e feliz

Por Redação Atualizado em 5 ago 2022, 10h21 - Publicado em 5 ago 2022, 08h45
C

riador do conceito de ócio criativo, o sociólogo italiano Domenico De Masi afirma em seu novo livro, O Trabalho no Século XXI, que precisamos educar os jovens e reeducar os adultos workaholics para que aprendam a “dar sentido e valor ao tempo livre, enriquecendo-o de introspecção, criatividade e convívio”. Segundo o autor, entramos em uma era em que crescimento econômico e desemprego andarão juntos, já que a sociedade conseguirá produzir cada vez mais bens e serviços com cada vez menos contribuição humana. Na obra, que tem mais de 900 páginas, De Masi propõe 11 teses sobre o trabalho no século 21. Veja no trecho a seguir

Trechos do livro

Podemos apresentar as seguintes teses em relação ao trabalho e seu mercado no século XXI:

1) O progresso humano não é nada além de um longo percurso em direção à libertação intencional do esforço físico, primeiro, e do esforço intelectual, depois. No século XX, realizou-se aquilo que Marx previra (…) ao afirmar que toda inovação tecnológica: (…) decompõe progressivamente a atividade do trabalhador em uma sequência de operações elementares, de modo que a certo ponto uma máquina possa tomar seu lugar. (…)

Continua após a publicidade

No século XXI, o progresso tecnológico, enriquecido pela inteligência artificial e pela indústria 4.0, mirará na libertação do trabalho tout court, para deixar ao homem as atividades propriamente “humanas”, que combinam estudo, trabalho e tempo livre. (…)

5) Diferentemente da Grécia clássica, que em vez de apostar no consumismo tinha aprendido a enriquecer de significados os poucos objetos à disposição, a sociedade industrial preferiu emaranhar-se em um excedente de produtos apreciando a superprodução até de objetos inúteis ou rapidamente obsoletos e a indução de necessidades alienadas para criar demanda fictícia de objetos novos, por sua vez destinados a uma rápida obsolescência. No século XXI, a tendência será enriquecer de significado os objetos disponíveis, satisfazer de forma gratuita as necessidades culturais de informações, música, imagens etc. (…)

6) (…) Depois de delegar às máquinas quase todo o trabalho físico e boa parte do trabalho intelectual, o ser humano manterá o monopólio da atividade criativa que, por natureza, exige menos funcionários, menos divisão das funções, menos cisão entre tempo de trabalho e tempo livre, admitindo formas de vida bem mais livres e felizes: não apenas uma maior riqueza difusa, mas também uma maior autodeterminação das tarefas, dos tempos e dos lugares, uma atividade intelectual mais rica de conteúdo, maior importância dada à estética e à qualidade de vida, maior espaço para a autorrealização subjetiva.

Assinante: conheça todas as 11 tendências do mundo do trabalho, segundo Domenico De Masi, na edição disponível no app ou no Go Read

Compartilhe essa matéria via:

Este trecho faz parte de uma reportagem da edição 81 (agosto/setembro) de VOCÊ RH. Clique aqui para se tornar nosso assinante

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês