Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ansiedade no RH: 64% dos profissionais da área sofrem com o problema

Pesquisa da consultoria Mercer ainda mostra que 79% dos RHs estão enfrentando aumento da carga horária. Conheça mais resultados do estudo

Por Redação Atualizado em 26 jul 2021, 19h21 - Publicado em 27 jul 2021, 08h00

A pandemia da covid-19 tem sido desafiadora para os profissionais de recursos humanos, altamente demandados para garantir o bem-estar e a adaptação de todos os funcionários. E isso tem consequências para a saúde mental. Tanto é que uma pesquisa feita pela consultoria Mercer mostra que 64% dos RHs tiveram problemas para lidar com a ansiedade durante a pandemia.

  • Além disso, 47% pensaram  que não conseguiriam controlar a ansiedade no período, 10% disseram que foi muito difícil encarar o tema e 7% precisaram buscar ajuda para lidar com o alto grau de dificuldade. Esses índices podem ter relação com a carga de trabalho, que aumentou para 79% dos entrevistados.

    “Restrições às atividades presenciais aumentaram drasticamente a carga de home office. Essas restrições e demais revisões de práticas alteraram a relação dos profissionais de RH com as equipes, com os clientes internos e com a própria empresa, forçando a adaptação diária e elevando níveis de estresse, ansiedade e esgotamento”, explica Rafael Ricarte, líder de produtos de carreira da Mercer Brasil.

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

    Publicidade