Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Otimismo: 60% das empresas pretendem contratar nos próximos meses

Pesquisa da PwC aponta que os setores mais aquecidos são agronegócios e tecnologia - e que o trabalho remoto será mantido por 79% das companhias

Por Redação Atualizado em 17 ago 2021, 20h20 - Publicado em 25 ago 2021, 08h00

As empresas estão se preparando para voltar a contratar. É isso o que revela a segunda edição da pesquisa Como sua empresa está reagindo à crise?, conduzida pela consultoria PwC entre outubro de 2020 e março de 2021 com mais de 20 indústrias.

Segundo o levantamento, 60% das companhias pretendem ampliar seus quadros nos próximos meses e, no período analisado, o número de contratações já havia aumentado 30% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Os setores mais aquecidos são os de agronegócio e tecnologia.

  • Home office veio para ficar

    O trabalho remoto está se consolidando: 79% das organizações ouvidas vão manter ou implementar esse estilo de trabalho. Além disso, 68% irão adotar o modelo híbrido e 28% já operam com o anywhere office – com funcionários trabalhando de qualquer lugar do mundo.

    As empresas também aumentaram os benefícios para home office. Na primeira edição da pesquisa, apenas 10% faziam reembolso de despesas com internet e telefone, por exemplo. Agora, são 23%. E três em cada dez companhias afirmam que estudam manter a prática no futuro.

    “A pesquisa mostra que a pandemia trouxe avanços e mudanças estruturais permanentes na gestão dos trabalhadores, como na adoção do trabalho à distância e mais políticas de retenção de talentos”, afirma Flávia Fernandes, sócia da PwC Brasil.

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

    Continua após a publicidade
    Publicidade