Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Gestão empática: conheça as iniciativas da Sony para melhorar o bem-estar

Para diminuir o cansaço dos funcionários, a empresa criou programas como short friday e folga de fim de ano, além de diminuir as reuniões

Por Elisa Tozzi Atualizado em 5 out 2021, 20h17 - Publicado em 6 out 2021, 07h00

Preocupada com a maneira como os funcionários estavam lidando com os desafios do home office e da pandemia, a Sony, empresa de produções musicais, conduziu uma pesquisa de engajamento no final do ano passado. E percebeu que as pessoas estavam se sentindo mais cansadas. Para melhorar o equilíbrio, a empresa começou a adotar ações que reforçam a empatia, como explica Bruna Araujo, líder de recursos humanos da Sony Music Brasil, na entrevista a seguir.

Como a empresa percebeu que os funcionários estavam cansados?

Fizemos uma pesquisa de engajamento em novembro de 2020, que apontou o que já era uma preocupação desde o início da pandemia: o equilíbrio entre vida pessoal e trabalho. E então realizamos um exercício de reflexão interna para criar a “cultura de agendas saudáveis” dentro da Sony.

Mas mesmo antes da pesquisa, a exaustão dos nossos colaboradores era perceptível, pois sabemos que trabalhar em casa acaba gerando o acúmulo de funções domésticas. 

Por isso, desde o início da pandemia adotamos a prática do trabalho reduzido às sextas-feiras. Na nossa short friday trabalhamos das 10 às 14h, deixando as tardes livres de compromissos de trabalho. Este incentivo vale para todos os colaboradores e já era praticado antes mesmo da pandemia. O que mudou é que, anteriormente, ele era praticado entre os meses de dezembro e fevereiro, e com o trabalho remoto forçado, estendemos a prática para o ano todo.

Continua após a publicidade

Como a liderança é treinada para ser mais empática na gestão?

As lideranças são sempre questionadas sobre como estão seus times e incentivadas a ficarem atentas aos sinais que os funcionários transmitem no dia a dia. Não se trata apenas de treinamentos formais, mas sim de uma cultura que prioriza o cuidado com pessoas. 

Entre as pequenas práticas adotadas pela empresa para melhorar o bem-estar, qual se destacou mais?

Além da short friday, outra medida relevante foi oficializar duas semanas de descanso no final de ano, sem prejuízo nas férias ou das horas extras. 

Outra prática que tem ganhado cada vez mais destaque entre os funcionários foi a criação de um podcast de notícias internas, já que a pesquisa também constatou que os colaboradores estavam se sentindo “menos informados”, por conta do trabalho à distância. 

A partir daí, começamos a transformar notícias diárias da Sony Music em um bate-papo leve, direto e descontraído, que pode ser ouvido minutos antes de cada um iniciar seu dia de trabalho. A ideia foi super bem recebida pelo time, que além de colaborar com o levantamento de informações para os próximos episódios, se atualiza sobre todos os assuntos relevantes que estão rolando internamente.

Assim, conseguimos transformar reuniões gerais que costumavam durar, em média 1 hora, em episódios quinzenais de até sete minutos.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

Continua após a publicidade

Publicidade