Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Imagem Blog

Rafael Souto

É CEO e fundador da Produtive Carreira e Conexões com o Mercado, consultoria de gestão, recolocação e transição de carreira, membro do conselho da AMCHAM e ministra palestras sobre carreira e liderança
Continua após publicidade

Agilidade para aprender define potencial dos funcionários

Não faz sentido avaliar alguém baseando-se somente em entregas e competências demonstradas no passado. O RH precisa identificar pessoas inquietas que façam a diferença no futuro.

Por Rafael Souto, colunista da VOCÊ RH
Atualizado em 28 set 2023, 16h03 - Publicado em 26 set 2023, 18h17

“No nosso time, quem são as pessoas que mais aprendem? Onde estão os colaboradores mais curiosos e interessados em adquirir novos conhecimentos?” Essa é uma das perguntas-chave para se fazer nos comitês de gestão de pessoas das organizações atuais. 

Identificar a capacidade de aprender sempre foi importante para avaliar o potencial que um profissional tem para contribuir com uma empresa. Mas, hoje, apresentar esta habilidade se tornou uma condição para permanecer em um cargo.

A forma de trabalhar nunca mudou tão rápido quanto agora. E indivíduos flexíveis, curiosos e com sede de conhecimento ganham musculatura para enfrentar os desafios ao longo da carreira. Por isso, não faz mais sentido avaliar o potencial de alguém baseando-se apenas em entregas passadas e competências antes demonstradas. É preciso olhar para o futuro.

As organizações devem investir em pessoas que possam constantemente abandonar habilidades e perspectivas obsoletas. E as iniciativas do RH devem procurar profissionais com uma postura adaptável e aberta à aquisição de novos conhecimentos – ou seja, profissionais que tenham agilidade de aprendizagem.

Continua após a publicidade

O que é agilidade de aprendizagem

George Hallenbeck, diretor do Center for Creative Leadership, nos Estados Unidos, afirma que nem todas as pessoas têm disposição para aprender. Daí veio o conceito de learning agility (agilidade de aprendizagem, em português), definido por cinco aspectos comportamentais que podem ser medidos e aprimorados.

O primeiro aspecto da agilidade é justamente a capacidade de inovação: a habilidade de questionar e desafiar velhas suposições para descobrir novas maneiras de se fazer as coisas.

O segundo é a capacidade de execução. Aprender a partir de experiências novas requer habilidades de escuta, capacidade analítica e gerenciamento do estresse causado pela ambiguidade. Tudo isso permite que pessoas com agilidade de aprendizagem adquiram novas habilidades rapidamente e tenham um desempenho relativamente melhor.

O terceiro aspecto definidor da agilidade é a capacidade de reflexão. Pessoas com agilidade de aprendizagem estão sempre refletindo e revisando suas atitudes em relação aos novos desafios e experiências. São pessoas com sede de feedback e que dedicam energia ao processamento de informações. 

Continua após a publicidade

O quarto aspecto é a busca ativa pela exposição ao desconhecido. Afinal, novas experiências nutrem profissionais com alto nível de agilidade de aprendizagem.

O quinto aspecto relacionado à agilidade é a defensividade – um comportamento destrutivo. Pessoas que se fecham ou se mostram defensivas quando desafiadas ou criticadas tendem a ter menor agilidade de aprendizagem em comparação a indivíduos abertos e flexíveis.

Com base nesses aspectos, as organizações podem estabelecer ações voltadas para a valorização de pessoas com agilidade de aprendizagem. A figura do profissional inquieto e questionador não pode ser sufocada pela sua inobservância. É para ele que os holofotes do RH devem estar apontados.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.