Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O plano da IBM para qualificar milhões de pessoas em tecnologia

Multinacional quer formar 30 milhões de pessoas em setores de alta demanda até 2030

Por Redação Atualizado em 7 dez 2021, 11h17 - Publicado em 10 dez 2021, 07h00

A multinacional de tecnologia IBM anunciou a criação de mais de 170 parcerias com instituições de ensino, ONGs e setor público em mais de 30 países para ampliar o acesso a seus programas de qualificação para funções técnicas de alta demanda. Entre elas, inteligência artificial, blockchain, ciência de dados, cibersegurança e tecnologias emergentes. O plano é ambicioso: formar 30 milhões de pessoas no setor até 2030, ano em que, segundo pesquisa da consultoria McKinsey, o Brasil terá um déficit de 1 milhão de profissionais de tecnologia.

“O número considera o aumento da demanda por engenheiros e desenvolvedores e a dificuldade das instituições brasileiras na formação desses profissionais, uma vez que o estudo também mostra que 35% dos cursos da área de tecnologia não obedecem aos requisitos básicos do mercado”, afirma Flávia Roberta Freitas, líder de responsabilidade social corporativa na IBM América Latina e Brasil. No país, algumas das iniciativas acontecem em parceria com escolas da rede pública de Santa Maria (RS), escolas técnicas (Etecs) e faculdades de tecnologia (Fatecs) estaduais em São Paulo.

Publicidade