Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Comportamento é o aspecto mais valorizado pelos líderes no recrutamento

Pesquisa feita pela The School of Life e Robert Half mostra também que 60% dos líderes já demitiram alguém devido a comportamentos inadequados

Por Redação Atualizado em 9 out 2021, 17h10 - Publicado em 11 out 2021, 07h00

“Contrate comportamento e treine habilidades.” A frase clichê que repercute nas redes sociais tem seu fundo de verdade. Pelo menos é isso que indica o estudo Inteligência Emocional e Saúde Mental no Ambiente de Trabalho, feito pela The School of Life Brasil em parceria com a consultoria de recrutamento Robert Half que ouviu 491 líderes e liderados brasileiros entre julho e agosto de 2021.

De acordo com o levantamento, entre as três habilidades mais valorizadas pelos gestores no processo seletivo estão: comportamento (56%), conhecimento/experiência (44%) e formação/certificações (1%). Além disso, 60% dos chefes já demitiriam alguém por causa de comportamentos inadequados.

Os gestores também apontam que as habilidades que faltam aos membros das equipes são: comunicação (28%), decisão (21%) e objetividade (20%). Do pontos de vista dos liderados, as competências que a chefia precisa desenvolver são: comunicação (29%), apoio psicológico (24%) e empatia (22%).

Bem-estar emocional

A pesquisa avaliou também como os profissionais estão se sentindo emocionalmente durante a pandemia. Cerca de 64% dos líderes e liderados afirmam que o principal impacto da crise da covid-19 sobre a saúde mental foi o aumento da ansiedade. O abalo emocional também afeta a produtividade: 52% dos líderes afirmam que deixaram de produzir ou de se engajar com o trabalho por estar psicologicamente afetados – entre os liderados, o índice é de 58%.

Mas há boas notícias: 62% dos participantes dizem que se sentem à vontade para expor seus sentimentos e emoções dentro da empresa em que trabalham e 60% acreditam que a preocupação da companhia com a saúde mental dos funcionários aumentou na pandemia.

Mesmo assim, 28% dos entrevistados afirmam que a empresa em que estão não oferece nenhum tipo de apoio psicológico aos empregados – e os mais comuns, segundo o levantamento, são: horários flexíveis, conversas individuais com o gestor e conversas individuais com o RH.

“A pesquisa mostra que mais de 90% dos líderes e liderados já têm o hábito de refletir sobre atitudes, pensamentos, sentimentos e emoções de si próprio. Talvez essas pessoas só precisem do treino certo para colocar essa autoconsciência a favor das próprias carreiras e dos negócios”, escrevem Diana Gabanyi e Jackie de Botton, diretoras e sócias-fundadoras da The School of Life, no relatório.

 

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo de VOCÊ RH? Clique aqui para se tornar nosso assinante

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)