Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Na Zurich, desafio interno de inovação gerou 139 ideias e engajamento

Cinco sugestões estão na fase final de avaliação e trarão novidades para seguros de carro e casa

Por Hanna Oliveira Atualizado em 31 mar 2021, 15h48 - Publicado em 27 mar 2021, 12h00

A seguradora Zurich, que conta com 1.500 funcionários, estava habituada a receber muitas ideias dos funcionários, mas não estava conseguindo dar vazão às sugestões internas. Foi assim que dois funcionários idealizaram o “Central de Ideias”, um desafio que acabou virando uma plataforma que busca sistematizar as sugestões de projetos que profissionais da Zurich tenham e queiram implantar na empresa.

Com o lançamento da primeira rodada em 2020, a companhia provocou os funcionários a resolver a seguinte questão: criar produtos, processos ou planos inovadores focados em seguros de carro e residência. E a companhia se surpreendeu com o engajamento. Em apenas duas semanas, 70 sugestões foram enviadas. No total, a empresa recebeu 139 insights. “O time assumiu o protagonismo das situações, organizando-se e interagindo entre si”, diz Ismael Andrade, Superintendente de Estratégia e Inovação da Zurich no Brasil. 

  • Como o desafio de inovação funciona

    Ao longo de 7 meses, os funcionários passaram por 5 fases para que as ideias fossem para frente. Na primeira, o desafio foi lançado e as ideias sugeridas passaram para a segunda fase, chamada Célula de Inovação, em que passaram por um processo de avaliação e triagem. Na terceira fase, a Idea Case, os insights foram submetidos às visões dos clientes, do mercado e do negócio. Depois da avaliação, as sugestões passaram pelos responsáveis dos desafios, que selecionaram as melhores propostas. Na quinta fase, as melhores foram selecionadas em um sistema de ranqueamento. 

    As fases contribuíram tanto para o aprimoramento dos projetos, quanto para o desenvolvimento individual de cada um e aproximação de áreas: “Um dos maiores ganhos dessa iniciativa foi contar com a participação das pessoas das áreas comerciais e atendimento na geração de ideias para melhoria da experiência dos clientes”, conta Ismael.Por fim, cinco ideias foram selecionadas como as melhores em um sistema de ranqueamento. E não ficarão no papel – a próxima e última fase, que ainda acontecerá, é a do Comitê de Priorização, que vai discutir um possível orçamento e o roadmap de execução. Além disso, as equipes receberam prêmios e um mentor.

    Continua após a publicidade
    Publicidade