Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Descanso proativo aumenta a produtividade em 26%, mostra estudo

Pesquisa da consultoria Gartner mostra também que 93% dos líderes de RH estão mais preocupados com o esgotamento dos funcionários

Por Redação
18 abr 2023, 07h49
O

mundo do trabalho está fragmentado, marcado por conexões pessoais frágeis, queda na confiança e maior número de distrações digitais, aponta estudo recente da consultoria Gartner.

Na maioria dos setores, espera-se que a rotatividade média aumente permanentemente até 20% em comparação com a última década. Funcionários contratados há pouco tempo vão formar uma parcela maior da força de trabalho e terão dificuldade para fazer conexões pessoais em um local em que as interações se dão, na maioria das vezes, no ambiente virtual.

Apenas dois em cada cinco funcionários dizem que confiam em seu empregador. As razões para essa desconfiança vão desde preocupações com a privacidade, já que tem aumentado o número de empresas que monitoram funcionários à distância, até a segurança no emprego e a pressão para retornar ao trabalho presencial, mesmo com a possibilidade de desempenhar as funções remotamente.

Continua após a publicidade

Funcionários gastam em média 9% da jornada acessando aplicativos em dispositivos eletrônicos. Como a distração digital reduz o tempo de atenção, os profissionais terão mais dificuldade de se concentrar em tarefas essenciais. Como a dispersão é uma realidade social, e não apenas uma questão corporativa, as empresas precisam entendê-la e encontrar formas de apoiar as pessoas a produzir de forma mais saudável e sustentável.

 

Gráfico Elo Perdido

Continua após a publicidade

Descanso proativo, interações intencionais e crescimento sustentável são as novas premissas para a gestão de pessoas em um cenário de desafios nunca experimentados.

  • 93% dos líderes de RH estão mais preocupados atualmente com o esgotamento dos funcionários
  • 77% dos líderes de RH acreditam que os talentos de alta performance trabalham mais do que os demais, mas pesquisas mostram que mais horas não significam maior produtividade
  • 26% é o aumento da produtividade entre funcionários que têm acesso ao descanso proativo e 9 horas é a quantidade de tempo extra que os funcionários dedicam por semana ao trabalho.

São três formas de adotar o descanso proativo nas empresas:

Continua após a publicidade
  1. Equilíbrio: reduzir a carga de trabalho da equipe após a conclusão de um projeto mais longo permite que os profissionais internalizem os resultados e retomem o fôlego para começar um novo projeto.
  2. Check-ins de energia: líderes devem criar o hábito de checar os níveis de energia dos funcionários, normalizando conversas sobre fadiga, motivação, esgotamento e produtividade sustentável.
  3. Pausas diárias: algumas empresas oferecem espaços para que os profissionais tirem uma soneca, de 15 minutos a meia hora, no meio do expediente. O importante é bloquear as agendas para permitir a desconexão.

 

Infográfico Descanso Proativo
(VOCÊ RH/VOCÊ RH)

Interações intencionais

Crie mais conexões de humano para humano, em vez de integração de funcionário para funcionário. Segundo o levantamento, 31% dos profissionais têm uma conexão humanizada com seus colegas de trabalho; 23% é o crescimento dos índices de colaboração entre as pessoas quando a empresa motiva conexões pessoais e 4% é o aumento da conexão entre as pessoas quando elas passam mais da metade da jornada trabalhando juntas. O último dado mostra que o que importa não é quantidade de tempo, mas qualidade nas interações.

Continua após a publicidade

 

Gráfico As Bases da Conexão
(VOCÊ RH/VOCÊ RH)

Crescimento sustentável 

Desenvolva pessoas em todos os seus aspectos, inclusive no aprimoramento pessoal

Continua após a publicidade
  • 82% das pessoas dizem que é importante que a empresa em que trabalham as veja como pessoas, não apenas como funcionários
  • 65% dos profissionais afirmam que a pandemia fez com que reconsiderassem o papel do trabalho em sua vida
  • 50% dos líderes de RH acreditam que os funcionários estão menos conectados à empresa atualmente do que eram no passado

 

Compartilhe essa matéria via:

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

As empresas estão mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VOCÊ RH.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.