Clique e Assine VOCÊ RH por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Empresas inventam cargos de liderança para não pagar hora extra

Pesquisa nos Estados Unidos indica aumento de 485% em nomenclaturas duvidosas de gestão, como gerente de xampu para carpetes

Por Redação
17 fev 2023, 17h03
S

 

egundo a legislação trabalhista de vários países, como Estados Unidos e Brasil, funcionários em cargos de confiança não têm controle de jornada e, portanto, não podem receber horas extras. A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) não define quais são essas funções, mas o entendimento é de que não basta ser gestor para entrar na lista. Geralmente, os profissionais que podem ser classificados nesse rol são da alta liderança, com papel estratégico nos negócios.

Como o assunto é passível de interpretações, algumas empresas nos Estados Unidos têm “promovido” funcionários a cargos duvidosos, como “diretor de primeiras impressões”— no caso, recepcionista —, pagando um valor um pouco maior para a posição. Dessa forma, conseguiriam evitar a remuneração adicional por horas trabalhadas além do expediente.

Continua após a publicidade

Pesquisadores da Universidade do Texas em Dallas e da Harvard Business School identificaram que, de 2010 a 2018, houve aumento de 485% no anúncio de vagas de emprego com nomenclaturas exóticas para funções de base, com atribuições pretensamente de gestão mas que, na prática, pouco diferem das executadas pelos demais.

“Estimamos que as companhias evitem, em média, cerca de 13,5% em despesas com horas extras para cada ‘gerente’ estratégico contratado”, aponta o relatório.

Continua após a publicidade
Cargos duvidosos de gestão

A pesquisa identificou inconsistências em várias funções de liderança. Veja algumas nomenclaturas de cargos

* Gerente de xampu para carpetes
* Coordenador de escaneamento de preços
* Diretor de primeiras impressões
* Líder de experiência do hóspede

Mesmo com a “economia”, empresas que tentam burlar a lei podem sofrer processos trabalhistas e arcar com prejuízos enormes, reforçando a máxima de que o barato pode sair caro demais.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.