Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Pesquisa revela os maiores desafios para a atração de talentos em 2022

A disputa pelos melhores profissionais já está alta, e tende a crescer. Conheça as estratégias da Gartner para ter sucesso no recrutamento

Por Redação Atualizado em 19 jan 2022, 10h23 - Publicado em 18 jan 2022, 11h04
D

e um lado, a dificuldade de trazer os candidatos certos para a empresa. De outro, a necessidade de fazer com que os profissionais queiram continuar trabalhando na empresa. E no meio desse fogo cruzado está o RH. Veja o levantamento exclusivo feito pela consultoria Gartner sobre os maiores desafios na atração e no engajamento de talentos para 2022.

 

O problema da rotatividade

Pesquisa conduzida com líderes de RH em 2021 demonstra que a saída de profissionais preocupa. Em maio, 16% notavam sinais significantes de turnover em suas empresas; 57% notavam sinais, mas poucos; e 27% não notavam. Em junho, 26% passaram a verificar fortes sinais de turnover, contra apenas 18% que não observavam sinais. Já em julho, o número dos que percebiam fortes sinais de turnover aumentou para 34%.

Os departamentos em que há maior risco de perda de profissionais, de acordo com a percepção dos executivos de RH, são: operações (51%), tecnologia (44%), vendas e marketing (27%), pesquisa e desenvolvimento (23%), finanças e contabilidade (20%), recursos humanos (17%) e, por fim, administração (6%).

Para 38% dos líderes de RH, as mudanças constantes nas expectativas dos candidatos sobre determinada função são o que ocasiona a rotatividade. Ainda segundo o levantamento da Gartner, um em cada três funcionários está disposto a deixar o emprego se a empresa exigir presença total no escritório.

  • Nos Estados Unidos, a abertura de vagas cresceu 40% entre novembro de 2020 e maio de 2021. No Brasil, a realidade é diferente, com o desemprego em alta, mas o setor de TI é a exceção: o país precisará de 420.000 profissionais nos próximos três anos e só forma 46.000 ao ano
  • 51% dos profissionais esperam influenciar na decisão de como, onde e quando eles trabalharão
  • 16% dos líderes de recursos humanos acreditam que o abre e fecha da economia na pandemia foi responsável pelo turnover dos funcionários
  • 21% dos executivos de RH acreditam que a rotatividade reprimida durante a pandemia será responsável por um turnover maior de funcionários
  • 93% dos líderes de RH estão mais preocupados com o esgotamento dos funcionários hoje do que antes da pandemia

Quais serão as implicações das mudanças no modo de trabalhar para o recrutamento?

  1. Disputa acirrada por talentos e necessidade de busca proativa
  2. Mais pressão para que a empresa consiga reagir rapidamente e preencher vagas
  3. Possibilidade de haver menos inscritos para as vagas e mais rejeições às ofertas das companhias

Como está o orçamento?

Pesquisa com 180 líderes de RH mostra que o investimento para recrutar se manteve estável em 2021.

  • 46% o mesmo
  • 30% menor
  • 24% maior

O que os candidatos querem

  • Flexibilidade

51 % concordaram que poder ou não poder trabalhar de maneira flexível vai influenciar a permanência na organização

Continua após a publicidade

  • Bem-estar

Para 73%, trabalhar para uma organização que ofereça programas relacionados ao bem-estar emocional ou mental é muito importante

  • Ser visto como pessoa, e não como recurso

Para 85%, é muito importante trabalhar para uma empresa que o veja como uma pessoa, não apenas um funcionário

Estratégias para o recrutamento de excelência

Faça parcerias com o negócio para resolver os gargalos

  • Defina as expectativas
    Os recrutadores recebem demandas de diferentes clientes internos. Por isso, é importante entender quais são as vagas mais e menos urgentes na empresa
  • Seja proativo
    Para diminuir os impactos causados por um banco de currículos pequeno, os recrutadores precisam divulgar regularmente a empresa para encontrar candidatos em potencial
  • Divida o trabalho
    Gestores também podem ser envolvidos no processo de procura por profissionais mais adequados. Portanto, terceirizar parte dessa atividade é outra boa solução
  • Simplifique
    Processos seletivos com muitas etapas e avaliadores causam lentidão nas decisões. Otimize a aprovação dos gerentes sobre os currículos e crie uma jornada mais objetiva

Almeje todo o mercado possível

  • Contrate pelo potencial, não pelas credenciais
    Vá além do currículo e aposte também em talentos que não tenham uma formação tradicional, mas possuam as habilidades necessárias para a vaga — e lembre-se de que diversidade de pensamento é sempre importante
  • Flexibilize a localização
    Com o teletrabalho em expansão, morar na mesma cidade em que a empresa opera não é mais tão importante assim
  • Aproveite seu mercado interno
    Não esqueça que existem funcionários dentro de sua organização que devem ser considerados para as vagas

Humanize o processo seletivo para ter melhores resultados

  • Crie conexões profundas na empresa
    Uma ideia de boa prática é desenvolver um programa de estágio na empresa voltado para os filhos dos funcionários
  • Adote a flexibilidade radical
    Deixe claro ao candidato que é possível negociar horários e dias para trabalhar em casa ou no escritório
  • Incentive o crescimento pessoal
    No momento da entrevista, explique quais são os projetos que podem ajudar aquele profissional a se desenvolver na empresa
  • Compartilhe o propósito
    Explique quais são as ações de responsabilidade social e sustentabilidade que a companhia tem e mostre como os funcionários são importantes para executá-las
Compartilhe essa matéria via:

Esta reportagem faz parte da edição 77 (dezembro/janeiro) de VOCÊ RH

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue no caminho para se tornar uma referência. Assine VC RH e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da VOCÊ RH! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

Receba todo bimestre a VOCÊ RH impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VOCÊ RH, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VOCÊ RH, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Pautas fundamentais para as lideranças de RH.

Cobertura de cursos e vagas para desenvolvimento pessoal e profissional.

App VOCÊ RH para celular e tablet, atualizado mensalmente

a partir de R$ 12,90/mês