Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

SAP desenvolve programa para apoiar a saúde mental dos funcionários

A SAP quer oferecer segurança psicológica para que os funcionários possam falar abertamente sobre temas como transtorno mental e bem-estar emocional

Por Caroline Marino Atualizado em 8 jan 2022, 08h46 - Publicado em 7 jan 2022, 07h00
C

riar um ambiente que ofereça segurança psicológica, para que os funcionários possam falar abertamente sobre temas como transtorno mental e bem-estar emocional, é o objetivo do programa Mental Health Matters, da multinacional SAP, que fornece softwares de gestão para empresas.

A iniciativa, elaborada e coordenada pelas equipes de RH, diversidade e inclusão, marketing e comunicação, teve início em 2019 — e a unidade brasileira da companhia serviu de piloto. A campanha, que divulgou conteúdos para apoiar os colaboradores no cuidado com a saúde mental, ganhou ainda mais relevância com a pandemia.

Segundo Fernanda Saraiva, diretora de recursos humanos da SAP Brasil, o programa foi aprimorado com a inclusão de palestras e workshops virtuais com especialistas, como psicólogos e psicanalistas. “Temos uma página na intranet dedicada à saúde mental, com questionários baseados em dados da Organização Mundial da Saúde para que as pessoas avaliem, por exemplo, seus níveis de estresse e de satisfação no trabalho”, diz Fernanda. Há, ainda, orientações e estímulo para que as equipes imponham seus limites, como horário livre para preparar o almoço ou necessidade de sair para um compromisso.

A empresa também realiza pesquisas pontuais para entender como os funcionários se sentem, abrindo espaço, inclusive, para que apontem quais questões têm atrapalhado seu desempenho. “Alguns relataram o excesso de reuniões, outros disseram que a rotina estava pesada”, afirma Fernanda. As respostas deram origem a iniciativas como o dia de folga no mês de abril para os mais de 100.000 profissionais da empresa no mundo.

Compartilhe essa matéria via:

Este trecho faz parte da edição 77 da VOCÊ RH (dezembro/janeiro). 

Continua após a publicidade

Publicidade