Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Continua após publicidade

A Basf valoriza a habilidade de lidar com diversidade

Por diversidade, entenda-se diferentes culturas, origens, características físicas, valores e opiniões. Isso faz parte da avaliação anual das equipes

Por Marcia Kedouk
Atualizado em 5 dez 2020, 20h49 - Publicado em 26 mar 2013, 17h34

São Bernardo do Campo (SP) – Depois de detectar em uma pesquisa de clima que os funcionários gostariam de mais transparência nas promoções, a Basf, gigante química de origem alemã, vem lidando nos últimos anos com o desafio de reformular o processo de recrutamento interno e de planejamento das carreiras.

Em 2011, formalizou o Plano de Desenvolvimento do Colaborador, com sete etapas para que cada um possa avaliar suas aspirações dentro da companhia, identificar habilidades, trabalhar pontos fortes e fracos, fazer networking produtivo e seguir caminhos de desenvolvimento de acordo com o objetivo de crescimento.

Além de testes de autoavaliação, há mapa de carreira, com descrição dos cargos e informações atualizadas sobre o perfil de quem ocupa cada posição, como formação acadêmica e experiência profissional. “A responsabilidade pela gestão de pessoas é de todos, incluindo o próprio funcionário, que deve sempre fazer o exercício de autorreflexão e ver para onde quer ir e o que mais deve aprender”, diz Wagner Brunini, vice-presidente de recursos humanos para a América do Sul.

A habilidade de lidar com a diversidade — diferentes culturas, origens, características físicas, valores e opiniões — é uma competência que faz parte da avaliação anual de desempenho das equipes. A ferramenta de recrutamento interno também recebeu mais atenção, como a divulgação das vagas abertas em toda a América Latina e o apontamento de profissionais considerados já aptos para a posição.

Dos 264 anúncios feitos entre janeiro e dezembro, 101 foram atendidos internamente. Para atrair talentos, no ano passado a Basf passou a premiar os funcionários que indicam profissionais para trabalhar na companhia. O prêmio é de 700 reais por pessoa contratada. “A maioria dos colegas recomenda fortemente a Basf como um bom lugar para trabalhar porque aqui temos mais do que oportunidades — temos futuro”, afirma um empregado, para quem a solidez da carreira é mais importante do que uma ascensão rápida. 

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
São vários os programas de desenvolvimento sustentável e de responsabilidade social — de consumo consciente a preservação e educação ambiental Para os funcionários, nem todos os departamentos oferecem oportunidades de crescimento. Segundo eles, na área produtiva as movimentações são lentas.
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

As empresas estão mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VOCÊ RH.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.