Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Imagem Blog

Isis Borge

Executive Director Talenses & Managing Partner Talenses Group
Continua após publicidade

Como será o retorno aos escritórios quando acabar o isolamento social?

Limpeza, reuniões virtuais mesmo com todos na empresa e portas e janelas abertas. Veja algumas das medidas que podem ser tomadas no pós-quarentena

Por Isis Borge, colunista de VOCÊ S/A
22 Maio 2020, 08h30

A volta ao escritório depois da quarentena é um assunto recorrente entre os líderes. As empresas têm reportado que os planejamentos para o ano de 2020 ficaram obsoletos e devem ser ajustados. Portanto, se ainda há líderes que não revistaram seus planos, devem refletir a respeito disso e realizar os ajustes de metas necessários. Isso é importante para que todos os funcionários entendam o que é esperado deles.

É interessante notar como esse período  trouxe uma reflexão positiva quanto ao home office e essa prática deve continuar sendo estimulada por boa parte das empresas. De acordo com dados de uma pesquisa realizada pela Talenses em parceria com a Fundação Dom Cabral com 375 profissionais de empresas de segmentos distintos, 86% dos respondentes afirmaram que acreditam que suas empresas vão continuar com o home office mesmo com o fim da pandemia.

No entanto, mesmo que muitas companhias implementem o trabalho de casa em alguns dias da semana, em algum momento deve acontecer o retorno ao escritório. E quando isso ocorrer, será a ocasião ideal para fazer uma reunião de abertura com a divulgação do “novo normal”, pois os profissionais estarão ansiosos por algum tipo de orientação sobre como devem proceder, já que é uma situação nova para todos.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, tenho percebido muitas empresas preparando a divulgação de cartilhas com as explicações das novas regras e políticas para esse recomeço, inclusive com ilustrações, para serem acessíveis tanto de forma online, quanto de forma impressa, como um “guia de bolso”.
A seguir estão as principais medidas que têm sido citadas por líderes de RH:

• Escala de funcionários visando respeitar o distanciamento ideal, bem como uma remodelagem dos espaços internos para garantir o distanciamento necessário

• Respeito ao distanciamento físico durante todo o expediente, seja no transporte, na entrada, nos refeitórios e dentro dos escritórios

Continua após a publicidade

• Em relação aos transportes coletivos, algumas empresas estão revendo a rota para que os profissionais não esperem o ônibus em locais onde possam ter aglomerações de pessoas. E também estão sendo feitas demarcações nos assentos que podem ser ocupados dentro dos coletivos com o intuito de respeitar o distanciamento recomendado

• Implementação de formulários eletrônicos ou meios de contato para que o colaborador possa reportar se teve contato com alguém diagnosticado com covid-19 ou se apresentar algum sintoma da doença para que o funcionário possa receber a orientação da equipe médica da empresa e verificar se precisa ser afastado ou mesmo receber a permissão de trabalhar a distância por um período

• Adoção de um sistema de medição de temperatura corporal na entrada das empresas

Continua após a publicidade

• Uso obrigatório de máscaras durante todo o expediente no escritório. Algumas companhias, inclusive, estão presenteando os funcionários com um kit de 4 ou 6 ou mais máscaras

• Campanha para constante higienização das mãos incluindo instruções visuais de como lavar as mãos;

• Maior número de álcool gel espalhados nos escritórios

Continua após a publicidade

• Manutenção de refeitórios com embalagens individuais ou por porções e a eliminação do tradicional sistema de buffet aberto

• Reuniões tenderão a serem realizadas em ambientes abertos ou de forma virtual, mesmo com todos dentro da empresa, para que seja possível minimizar a aglomeração de pessoas

• Os horários de entrada, pausas e saídas estão sendo reprogramados por departamentos para evitar a aglomeração de profissionais

Continua após a publicidade

• Na maior parte das empresas os acessos de fornecedores e visitantes estarão restritos, dando prioridade às reuniões virtuais

• As companhias, de uma forma geral, também estão investindo fortemente na limpeza e nos procedimentos de desinfecção das suas instalações e dos sistemas de ar condicionado. Estes cuidados permanecerão de uma forma redobrada de agora em diante

• Há empresas investindo em dispositivos que deixarão as portas e janelas de boa parte das instalações abertas. Algumas companhias estão, inclusive, instalando sensores de presença para a abertura e fechamento das portas para que as pessoas não precisem utilizar as mãos

• Também existe uma mudança no departamento médico. Há empresas que trabalhavam com clínicas terceirizadas externas que estão contratando médicos do trabalho para atuarem internamente. E mesmo as que já tinham um profissional da área médica, dependendo do porte da companhia, estão aumentando o número de médicos do trabalho em seu quadro de colaboradores

Essas são algumas das medidas práticas que tenho acompanhado no mercado. É fato que mesmo após o retorno da quarentena, o vírus estará circulando e, por isso, serão necessárias novas formas de socializar e trabalhar. Então, o papel de cada um é de extrema importância para manter os ambientes de trabalho de forma mais saudável para todos.

Sem dúvida, esses cuidados contribuirão para os profissionais se sentirem mais seguros ao retornarem de forma física para seus trabalhos. Essa também é uma maneira efetiva de favorecer o equilíbrio emocional e, consequentemente, melhorar o clima organizacional. E, por fim, os efeitos serão refletidos positivamente no mercado de trabalho em si e na economia do país, que  tem sido muito afetada nesse cenário atual.

(Divulgação/VOCÊ S/A)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.