Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

5 tendências de gestão de pessoas para 2022

Veja as iniciativas iniciadas ou fortalecidas na pandemia que continuam se destacando nas boas práticas de gestão

Por Redação Atualizado em 2 jan 2022, 18h47 - Publicado em 3 jan 2022, 07h00

Algumas mudanças na área de Recursos Humanos impulsionadas pela pandemia devem permanecer em 2022. Apesar de muitas delas terem sido adotadas de forma compulsória, colocá-las em prática provou que são iniciativas possíveis e, mais do que isso, podem proporcionar maior praticidade e melhores condições de trabalho aos funcionários.

Veja as principais tendências de gestão de pessoas de acordo com Jonas Duarte, sócio-fundador da Warana Treinamento e Consultoria e especialistas ouvidos pelo ADP Research Institute:

Trabalho flexível

Trabalhar presencialmente todos os dias úteis da semana deixou de ser regra para algumas áreas. Uma pesquisa publicada pelo International Workplace Group (IWG) em 2019, ainda no período pré-pandemia, mostrou que 83% dos profissionais são mais produtivos em uma rotina flexível. Além disso, a possibilidade de contratar trabalhadores de qualquer lugar do mundo ganhou espaço nas empresas. Para funções em que atuar de forma 100% remota não é possível, o modelo híbrido se torna uma opção.

Revisão de benefícios

Para o funcionário em home office, o vale-transporte ou o auxílio combustível perdeu parte do sentido. Por isso, para as empresas, é importante rever os benefícios, dando lugar a outras alternativas, como auxílio para pagamento de internet.

Diversidade

Construir times mais diversos tem sido um desafio do RH. Para os próximos anos, a ideia é ampliar também o acesso de grupos minorizados à liderança. Por isso, uma tendência é a criação de programas específicos para mulheres, pessoas negras, pessoas com deficiência e para a comunidade LGBTQIA+.

Atenção à saúde mental

A pandemia deixou em evidência algo que já merecia atenção há tempos: a saúde mental. O tema ganhou espaço, sobretudo, dentro das companhias, que têm oferecido programas de prevenção e de tratamento.

Incentivo a práticas de bem-estar

O apoio das empresas à prática de atividades físicas, ioga e meditação vai se fortalecer ainda mais, demonstrando que a iniciativa é uma extensão dos cuidados relacionados à saúde mental.

Compartilhe essa matéria via:

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo de VOCÊ RH? Clique aqui para se tornar nosso assinante

Continua após a publicidade

Publicidade