Assine VOCÊ RH por R$2,00/semana
Continua após publicidade

O que a Votorantim faz para atrair mais profissionais jovens?

Confira as práticas da Votorantim, que ficou entre as 45 Melhores Empresas para Começar a Carreira em 2018

Por Marcia Kedouk, da Você S/A
Atualizado em 5 dez 2020, 20h48 - Publicado em 2 jul 2019, 15h00

Este texto faz parte do anuário VOCÊ S/A – As Melhores Empresas para Começar a Carreira 2018, publicado em dezembro de 2018 (ed. 247), com informações levantadas entre os meses de junho e setembro do ano passado. 

São Paulo – Em 2017, o grupo industrial centenário Votorantim criou ações para estreitar o relacionamento com as universidades e o público jovem. Uma delas foi o time Embaixadores, que reúne voluntários engajados em disseminar os valores da companhia para o público externo, principalmente para estudantes.

Atualmente, 29 profissionais participam de eventos, como congressos e palestras, para difundir os princípios da empresa, esclarecer dúvidas sobre as possibilidades de carreira e ajudar em atividades em que as turmas são desafiadas a solucionar desafios de negócio. Os resultados já começaram a aparecer.

Em 2016, 13% das contratações da Votorantim vieram de iniciativas realizadas em faculdades. Em 2017, o número subiu para 15%. No ano passado, também aconteceu o primeiro estágio de férias na companhia. Na ocasião, 16 alunos da área de finanças foram selecionados para passar um dia na sede, em São Paulo, e conhecer a rotina de trabalho.

Continua após a publicidade

Outro foco da Votorantim tem sido acompanhar a carreira de jovens talentos que deixaram a empresa por vontade própria — muitos deles para abrir um negócio próprio. Eles são convidados a participar de eventos internos e a se cadastrar para receber informações corporativas. votorantim.com.br


PONTOS POSITIVOS

Continua após a publicidade

Ao longo de 2017, as atividades da Academia Votorantim, que concentra os programas de treinamento e desenvolvimento da empresa, tiveram a participação de 3 052 funcionários, divididos em 79 turmas.


PONTOS A MELHORAR

Faltam ações a favor da diversidade, como comitês que proponham iniciativas envolvendo o público LGBT, e clareza ao plano de carreira. Os funcionários dizem que o valor do vale-refeição deveria ser mais alto.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

As empresas estão mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VOCÊ RH.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Você RH impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.